Blog EAD Plataforma 15-02-2019 conteúdo EAD

Como elaborar o meu conteúdo EAD e organizar melhor minhas aulas?

Se você é daqueles que ama produzir o seu próprio curso online, o momento de organizar o seu conteúdo EAD deve ser um ritual sagrado.

Mas, no caso de você ainda ser um novato nessa área, uma ajudazinha para entender melhor como funciona esse processo será muito bem-vinda, não é mesmo?

Sendo assim, venha conferir as nossas dicas sobre como produzir um conteúdo EAD que vai deixar os seus alunos pensando: “Por que eu não assinei esse curso antes!”

Comece deixando as ideias fluírem

Sabe o motivo que faz a hora de organizar o conteúdo EAD ser uma etapa com grande peso para o seu curso online?

É ali onde você depositará toda a sua paixão, pensando com carinho em cada detalhe dos materiais.

Para aproveitar bem esse momento, nada melhor do que recorrer ao bom e velho brainstorm, anotando todas as ideias que surgirem.

Sendo assim, coloque no papel tudo o que você acha interessante e deseja oferecer para os seus alunos.

Em sequência, filtre as melhores ideias, para começar a organizar tudo direitinho e iniciar o planejamento.

Planejamento é essencial para organizar o seu conteúdo EAD

Depois de trabalhar (e se divertir) tendo ideias para o seu curso online, é preciso ordenar o que proveio desse brainstorm.

Então, agora que você já tem noção sobre o que será apresentado, pode colocar a mão na massa e elaborar o plano de aulas.

Comece definindo as etapas que o curso deve seguir. A grande parte dos cursos online costumam seguir a estrutura abaixo:

  • Apresentação;
  • Instruções sobre como funcionará o curso;
  • Introdução;
  • Módulos do curso organizados por continuidade e/ou dificuldade do tema;
  • Exercícios entre os módulos;
  • Recapitulação;
  • Conclusão;
  • Teste final;
  • Certificação.

Defina o que os alunos devem aprender em cada uma dessas etapas. Desta forma, você terá uma lista com tudo o que precisará construir.

Feito isso, você já pode partir para a produção, curadoria e reunião dos conteúdos EAD para os alunos.

Reúna os conteúdos que serão utilizados

Há uma infinidade de formatos de conteúdos que podem ser trabalhados em um e-learning.

Apresentações, livros, e-Books, áudios, infográficos, testes, videoaulas, transmissões ao vivo e por aí vai.

Portanto, você deve decidir quais dessas opções fazem mais sentido para o seu curso online e dar sequência a sua produção.

Por exemplo, se optar por videoaulas, que é o formato mais utilizado neste meio, esse será o momento de iniciar as gravações.

Por outro lado, se a escolha for apresentações, será necessário pensar nos textos, layout, pesquisar a bibliografia e etc.

Lembrando que o seu curso pode ter conteúdos EAD em diferentes formatos. Inclusive, isso ajudará a torná-lo ainda mais atrativo.

Afinal, é preciso pensar nos hábitos e diferenças de cada um dos seus alunos.

Alguns podem preferir ler, outros assistir às videoaulas e ainda há aqueles que desejam aproveitar o seu tempo de deslocamento para o trabalho, para ouvir o conteúdo em áudio.

Ou seja, oferecer diferentes formatos de conteúdos pode acabar se tornando um diferencial do seu curso.

Após essa etapa, o seu trabalho estará quase finalizado, faltando poucos passos para terminar de organizar o seu conteúdo EAD.

É hora de transferir tudo para sua plataforma EAD

Após definir, organizar e produzir o seu conteúdo EAD, finalmente é o momento transferir tudo para uma plataforma EAD.

A plataforma EAD é onde você poderá montar o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) para os seus alunos.

Fazer o upload dos materiais na ferramenta é o passo final deste processo. É onde o seu curso, finalmente, começará a tomar forma.

Depois de incluir tudo na plataforma EAD você saberá qual é o tempo total do curso e também de cada módulo.

Por fim, agora sim você já poderá começar a divulgar o seu curso, para promover muitas vendas.

Deixe seus alunos cientes de toda a programação

É crucial que os seus alunos tenham acesso à algumas informações sobre o seu conteúdo EAD, antes de contratar o curso.

A programação das aulas, o tempo de duração, materiais utilizados, eventos especiais, como, por exemplo, videoaulas ao vivo com horário agendado.

Deixe todos esses dados na descrição do seu curso, para que os seus possíveis alunos possam conferir.

Nós já falamos sobre isso por aqui em nosso blog, mas não custa nada reforçar esse recado.

Temos um artigo especial com TODAS as informações que eles precisam saber antes da contratação.

Leia agora mesmo Estruturando cursos online: Informações que seus alunos precisam saber.