automacao-de-marketing

Automação de Marketing: uso os recursos certos para ampliar seus resultados de vendas EAD

Automação de marketing é realizada a partir da implementação de um software que permite automatizar a execução de tarefas como gestão de leads e envio de e-mail marketing. Quando aplicada à educação a distância, a automação de marketing pode ser usada para:

  • atrair as personas interesadas nos temas dos cursos, 
  • divulgar conteúdos e programação, 
  • gerar mais cadastros em cursos,
  • segmentar a comunicação, 
  • enviar e-mails para ajudar o lead a caminhar pela jornada de compra e mais.

Entretanto, quais são as funcionalidades mais eficazes de um software de automação de marketing para ajudar seu curso EAD a ter mais alunos?

Como vender mais usando esse tipo de tecnologia?

É sobre isso que falaremos a seguir. Separamos 5 usos de um sistema de automação de marketing que podem e vão ajudar a ampliar os resultados do seu negócio. 

Confira!

Como usar a automação de marketing para vender cursos online?

Se você ainda faz parte daquele grupo de pessoas que acha de automação de marketing é a capacidade de programar conteúdo para que seja publicado no dia a na hora que você quiser dentro das redes sociais, saiba que essa não é nem a ponta do iceberg.  

As funcionalidades de automação fazem parte de todas as fases e estratégias de Inbound Marketing, desde a atração do usuário até a fidelização do cliente. 

Entre as táticas mais usadas dentro da automação de marketing estão:

  • criação de formulários e landing pages para captação de leads,
  • gestão de redes sociais, 
  • técnicas de e-mail marketing, 
  • qualificação e acompanhamento de leads. 

A automação de marketing, então, facilita a gestão da estratégia para todas as etapas de um funil de vendas.  

1. Torne a geração de leads mais simples 

Por meio de um sistema de automação de marketing é possível criar canais para converter visitantes em leads.

Junto com a criação de canais para a captação de leads, a empresa precisa se preocupar em criar uma proposta de valor que desperte o interesse do usuário em se cadastrar e se tornar um contato dentro do seu banco de dados.

Entre as principais estratégias para isso estão: 

  • criação de conteúdo rico como planilha ou ebook, 
  • webinar, 
  • cursos introdutórios gratuitos, e mais. 

A partir da captação de leads sua empresa passa a ter a capacidade de se relacionar de maneira mais próxima e contínua com o usuário. 

Os principais canais usados para isso são e-mail marketing e SMS.

2. Crie fluxos de nutrição de leads 

O fluxo de nutrição é a sequência de e-mails, ou mensagens de maneira geral, que o lead irá receber da sua empresa.  

Esse fluxo é construído uma única vez pela sua equipe de marketing (ou por você) e passa a “rodar” automaticamente cada vez que um lead “cair no banco de dados”. 

É possível, e indicado, que você crie um fluxo de nutrição para cada fonte de leads. Por exemplo, um lead que chegou até a sua empresa por uma landing page com um ebook deve receber um fluxo de e-mails diferente de um lead que chegou por meio de um pop-up de saída do site. 

Além do canal de origem do lead, é importante que você diferencie o fluxo de acordo com o tema de interesse do lead

Por exemplo, um lead que assistiu a um webinar sobre “novas ferramentas para gestão de projetos” deve entrar em um fluxo de automação diferente do lead que baixou um ebook com “técnicas para aumentar a produtividade da empresa”. 

Basicamente, para construir um fluxo de automação você deve entender quais são as necessidades e interesses do lead, e criar uma sequência de materiais que ajudem-o a resolver essas demandas. 

Ao mesmo tempo em que você compartilha conteúdos relevantes, você apresenta seu curso e os benefícios de se inscrever. 

A seguir, separamos um infográfico com boas práticas de e-mail marketing, para otimizar os resultados de sua estratégia. Vale a pena conferir.

Fabio Godoy