como-divulgar-canal-youtube

Como divulgar um canal no YouTube? 4 dicas práticas

Atualmente, é impossível não ser impactado pelas mídias digitais. Tenho certeza de que, no dia de hoje, você já clicou ou vai clicar em pelo menos um link, seja por meio de anúncios ou mensagens enviadas por amigos. Diante desse enorme poder de disseminação de informações, saber como divulgar um canal no YouTube pode ser uma grande estratégia de venda para quem tem uma empresa de cursos online

No Brasil, o YouTube já é, comprovadamente, um grande influenciador de decisões de compra. Não é a toa que, acordo com o Google, mais de 60% dos usuários da América Latina tomam a decisão de adquirir um produto, instrumento ou acessório após assistirem a um vídeo no canal. 

Se você ainda não tem um canal na rede, a pergunta é: você vai MESMO ficar de fora da tendência? 

Se sua resposta foi não, continue lendo este artigo! Falaremos sobre alguns segredos para entender como divulgar um canal no YouTube e conquistar muitos seguidores-compradores! 

Antes de mais nada: você sabe como criar um bom canal no youtube? 

Se você já tem um canal no youtube, mas ainda não tem uma rotina de postagens, uma estética bem definida e uma persona detalhada, não pule esta parte do texto! Afinal, ela também será muito útil para você. 

O passo a passo abaixo reúne dicas essenciais para quem quer ver resultados a partir da divulgação de vídeos no canal. 

1. Desenhe sua persona

O primeiro passo é conhecer a fundo o seu público-alvo, e, a partir daí criar uma persona

Já falamos sobre ela em outro artigo do blog, mas vale reforçar: a persona é a identidade do seu “comprador ideal”, e ela vai bem além do público-alvo.

Na verdade, a ideia é que a persona represente detalhadamente aquele consumidor para o qual você deseja vender seu produto. Vamos a um exemplo ilustrativo?

Se o produto a ser vendido é um curso online de culinária italiana, nossa persona poderia ser:

Luis Henrique

26 anos

Recém-formado na graduação de gastronomia

Gosta de passar seu tempo conhecendo novas culturas. Por isso, está sempre viajando, focando, principalmente, em visitar os Mercados locais dos destinos que visita. 

Também tem o sonho de abrir um restaurante de comida típica italiana, mas sem muita sofisticação. Quer que seja um ambiente despojado, para refeições rápidas e descomplicadas. 

Como já possui formação superior em gastronomia, busca o curso online para absorver algumas técnicas específicas da culinária italiana. Por fim, espera que, com um ambiente de aprendizagem online, ele possa estudar enquanto continua seu roteiro de viagens. 

Gosta de: simplicidade, autonomia, liberdade 

Não gosta de: burocracias, cobranças, falta de comprometimento

A partir desse completo perfil, fica mais fácil pensar no tipo exato de conteúdo, linguagem e abordagem para convencer o Luis a comprar um curso da sua empresa, não é mesmo? Pensando nisso, falaremos sobre um tema relacionado no próximo item da lista. 

2. Crie conteúdo relevante

Após conhecer sua (ou suas, lembre-se de que um negócio pode ter quantas personas forem necessárias) persona, é hora de pensar no conteúdo. 

Aqui, é importante buscar formas de entregar aos alvos a informação perfeita: no tom certo, com informações adequadas, mostrando a relevância do negócio e sua capacidade de oferecer ao aluno exatamente o que ele procura. 

Trabalhar com produção de conteúdo EAD já é um ótimo primeiro passo para entender o que o público-alvo busca: informações ricas, interatividade, humanização. 

3. Estabeleça um cronograma de postagens

Um bom canal no YouTube precisa obedecer a um cronograma de postagens. Mas por que? Você pode estar se perguntando. 

A resposta é simples: porque assim como qualquer processo de vendas, o canal no YouTube também deve ser pensado de acordo com as etapas do funil de vendas. É preciso fisgar o espectador e conduzi-lo pela cronologia de vídeos até que ele esteja pronto para comprar sua oferta. 

Se seu canal publica vídeos de forma irregular, ele perde a credibilidade e deixa de ser uma fonte de informações para a persona, que decide procurar outro fornecedor. 

4. Pense na estética dos vídeos 

Se você já trabalha no mercado de cursos online, sabe o quão importante é escolher bem os cenários para a gravação de videoaulas, afinal, a estética dos vídeos dirá muito sobre o nível de seriedade do canal. Além disso, pode influenciar positivamente (ou não) para engajar e concentrar os espectadores.

Por isso, pense sempre em formas de dar identidade ao canal: use músicas (sem direitos autorais) harmônicas entre si, aposte em elementos cênicos que complementem o ambiente e adote uma linguagem clara, dinâmica e descontraída. 

Se quiser saber como montar um canal no YouTube na prática, assista ao vídeo abaixo: 

Como divulgar um canal no youtube? 

Agora que você já sabe o que é preciso para criar, chegou a hora de entender como divulgar um canal no youtube. Aqui, o mais importante é entender que, como qualquer estratégia de venda, a divulgação de um perfil em rede social também demanda estratégia e planejamento. 

A seguir, daremos algumas dicas para fazer a divulgação do seu canal com pouco ou nenhum investimento. Bora lá? 

1. Use técnicas de SEO

Se você não conhece a expressão, SEO significa Search Engine Optimization, ou Mecanismos de Otimização de Buscas. 

Em linhas gerais, usar técnicas de SEO significa usar diversas estratégias para otimizar o conteúdo e páginas de um site para que eles sejam os primeiros resultados mostrados a quem busca um termo nos buscadores. 

Sendo assim, existem diversas formas de otimizar um conteúdo de vídeo no YouTube, e, a seguir, vamos mostrar algumas delas: 

  • crie títulos atrativos e alinhados com os termos buscados nos mecanismos de busca;
  • crie descrições claras e que descrevam com precisão o que o vídeo traz;
  • priorize Tags (ou etiquetas) para classificar seu vídeo; 
  • aproveite o canal do Youtube para conversar com os seguidores mesmo fora dos vídeos publicados, respondendo comentários e provocando discussões.
  • use ferramentas para estudar palavras-chave mais buscadas no seu segmento. Aqui vai uma dica! 

2. Aposte no compartilhamento nas redes sociais

Outra forma de divulgar um canal no YouTube é compartilhando o conteúdo postado nas redes sociais. 

Essa técnica simples carrega o conteúdo, antes restrito a apenas uma plataforma, a outras, o que amplia o universo de alcance do vídeo. 

Além disso, uma dica importante é estudar as particularidades de cada rede e compartilhar o conteúdo em formatos e linguagens condizentes. Por exemplo: um post que vai para o LinkedIn, que é uma rede social profissional e séria, não deve ter a mesma linguagem de um que é publicado no Instagram, que tem, como características, a informalidade e o imediatismo. 

3. Faça parcerias com tutores e referências no mercado

Se tiver a oportunidade, não deixe de investir em parcerias! Aproveite para convidar os tutores dos cursos online e outras referências do mercado a participarem do conteúdo dos vídeos. 

Faça entrevistas, bate-papos, aposte em relatos e depoimentos. Além de tornar o conteúdo mais próximo do público-alvo, permite que os convidados compartilhem as postagens em suas redes sociais, multiplicando seu universo de alcance. 

4. Apareça! 

Conhece aquela máxima que diz “quem não é visto, não é lembrado”? Pois na hora de aprender como divulgar um canal no YouTube, ela também deve ser levada em conta! 

Afinal, além de criar um canal esteticamente coerente, com conteúdo rico, frequente e personalizado, o produtor de conteúdo precisa estar atento às oportunidades para divulgar seu produto. 

Isso significa procurar fóruns nas redes sociais que falem sobre a temática dos vídeos, responder comentários sugerindo o conteúdo, publicar em espaços dedicados ao segmento, e por aí vai. 

Agora você já tem todas as informações necessárias para executar estratégias de como divulgar um canal no YouTube. Aproveite o fim desta leitura para conhecer os melhores aplicativos para criar vídeos de forma simples e rápida!

Fabio Godoy