como dar aula de português online

Como dar aula de português online? 5 drivers para seguir

Saber como dar aula de português online deve estar entre as prioridades dos professores que desejam aumentar suas receitas no fim do mês. 

Um dos motivos que comprovam a afirmação acima é de que o número de estrangeiros que deseja aprender o idioma está cada dia mais alto. 

Foi o que mostrou uma matéria publicada no G1, que também revelou que, hoje, o português é a segunda língua mais buscada no ambiente de aprendizagem, perdendo apenas para o inglês.  

A reportagem também destacou a importância de oferecer flexibilidade de horários para lecionar o idioma para estrangeiros, uma vez que boa parte deles não está aqui passando férias, mas atuando no mercado. 

Aí entra em cena saber como dar aula de português online, visto que a metodologia à distância apresenta esse benefício essencial:  poder ser ministrada em qualquer lugar,  a qualquer hora. 

Outra razão que legitima a relevância de saber como dar aula de português online é contextual. Afinal, estamos vivenciando uma das piores crises da história da humanidade. 

A pandemia do Coronavírus trouxe mudanças significativas em todas as esferas da sociedade,  e está exigindo resiliência e reinvenção. O setor da educação está acompanhando este movimento e trouxe mudanças importantes,  sendo uma das principais a adaptação para o ambiente virtual. 

Se você quer participar desse processo, uma boa forma é descobrir como dar aula de português online. Saiba tudo sobre o tema ao longo deste post!

Como dar aula de português online? Passo a passo 

Conheça o perfil de seu aluno

Para preparar sua aula, é fundamental, antes de mais nada,  conversar com seu aluno. Cada perfil exige um diálogo diferente, é claro, mas o ponto principal é descobrir as dificuldades e os desafios de cada um. 

Se for uma criança pequena, é importante que essa conversa inclua seus pais ou responsáveis. 

Dentro desse esquema, cabe alinhar expectativas e também testar o conhecimento, uma vez que algumas dificuldades apresentadas hoje podem ter sido ocasionadas por   déficits muito anteriores.

Tenha uma boa conexão com a Internet

Avaliar a qualidade e a velocidade de sua Internet é vital para garantir uma boa experiência para você e para seus alunos. Afinal, você não quer repetir a mesma explicação devido a uma falha de conexão, não é verdade? O mesmo acontece com seus alunos, eles não querem ter seus aprendizados interrompidos por travamentos de tela e afins. 

Invista em alguns equipamentos

Não, você não precisará comprar câmeras de última geração, iluminação de ponta ou microfones profissionais. Porém, deve contar como o “bom do básico”. 

O que isso significa? Que seu computador (ou smartphone) deve dar conta do recado. Em relação ao microfone, você pode utilizar o de seu próprio aparelho. Contudo, se quiser evitar ruídos, pode apostar em um microfone de lapela. Há bons e com preços acessíveis na Internet. 

Já sobre a iluminação, é preciso se certificar de que seu ambiente não esteja escuro ou claro demais. Para tanto, é preciso realizar uma gravação teste e enviá-la para pessoas que possam dar feedbacks honestos sobre ela. 

Se quiser ir um pouco além nesta questão de iluminação (sem precisar gastar muito), recomendamos que assista ao vídeo abaixo (que traz dicas úteis). 

Ofereça mais que o “feijão com arroz” 

Para não ficar monótono, o ensino pela Internet exige criatividade. Ou seja, é importante que para fortalecer a sua explicação sobre sintaxe e ortografia, você traga elementos da rotina de seu aluno. 

No caso de seu aluno ser estrangeiro, você pode enriquecer sua aula com elementos de sua cultura. Isso fará com que ele se sinta especial e, de quebra, contribuirá para que ele assimile melhor a sua explicação. 

Se for uma criança ou adolescente, cabe trazer elementos de desenhos e séries. Essa prática também fortalecerá a relação de vocês.

Para ir além do “feijão com o arroz”, também é vital apostar em recursos interativos, como infográficos, e sugerir sites que complementam sua aula. 

Atente-se para sua apresentação

Não é porque você está no conforto de sua casa que sua apresentação deva ser desleixada. É claro que o ambiente virtual é mais descontraído, mas você precisa prestar atenção ao modo como se apresenta. Caso contrário, todo seu profissionalismo poderá ir por água abaixo. 

Aposte em roupas mais sóbrias e também se atente ao cenário. Aqui, o conceito “menos é mais” cai como uma luva! Isto é, o ambiente deve ser simples, com pouca decoração e, é claro, limpo.

Se quiser ir um pouco além e deixar seu ambiente mais divertido, é preciso avaliar se ele combina com sua personalidade e também com o perfil de seus alunos. 

O vídeo, a seguir, traz dicas bacanas sobre o tema. 

Confira também: Qual o papel do professor na EAD? Entenda por que este profissional é estratégico no processo.

Como dar aula de português online? Dica bônus

Para avaliar a evolução de seus alunos, aplicar provas online e emitir certificados, contar com uma boa plataforma que ofereça tudo isso representa uma boa ideia.

Esse é o caso da EAD Plataforma, que apresenta todos os recursos necessários para que você possa oferecer uma experiência de aprendizado rica para seus alunos. 

Para entender como a plataforma funciona, convidamos você a testá-la por sete dias, gratuitamente!

Fabio Godoy