Post EAD Plataforma 17-09-2018 EAD no Brasil

Por que a EAD no Brasil está crescendo tanto? Entenda as razões!

A EAD no Brasil passa por um momento de plena ascensão. Afinal, quando falamos no futuro do ensino, não há outra ideia que não seja a educação a distância.

Essa transformação da educação já está acontecendo e, como produtor de conteúdo, é preciso compreender esse cenário, para aproveitar as oportunidades.

Por isso, é importante falarmos sobre esse momento. Essa é a melhor maneira de gerar conhecimento para quem já trabalha ou quem está pensando em trabalhar com EAD no Brasil.

Leia esse texto até o final se você deseja ter acesso a dados úteis, que podem lhe ajudar no seu negócio de cursos online.

Qual é o momento da EAD no Brasil?

Se fosse para resumir essa resposta em uma só palavra, ela com certeza seria EXPANSÃO.

Na contramão dos cursos presenciais, que estão lidando com a queda de suas matrículas, a EAD no Brasil apenas se fortaleceu.

De acordo com dados Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), de 2015 para 2016 o número de novos alunos nos cursos de graduação presencial caiu em 3,7%.

Por outros lado, vimos esse número crescer na educação a distância. Em 2015 eram 694.559 alunos que estudavam via EAD. Porém, em 2016 esse número saltou para 843.181.

O que podemos concluir disso? Que as pessoas estão perdendo o medo de estudar a distância.

Isso porque a EAD ainda não é a opção número um dos alunos. Seja por receio quanto a qualidade, dificuldade para gerenciar as tarefas ou por sentir falta da interação ao vivo.

Esse quadro está começando a mudar agora, conforme as pessoas passaram a conhecer e entender melhor como funciona a educação a distância.  

Consequentemente, elas estão percebendo que é possível sim estudar de forma não-presencial ou semipresencial.

E é por isso que a os cursos EAD no Brasil têm conquistado cada vez mais mercado.

Por que as pessoas estudam através da EAD?

Desde sua origem – com os antigos cursos por correspondência – a educação a distância teve o papel de flexibilizar o aprendizado.

Levando a sala de aula até os alunos, a EAD conseguiu, de certa forma, democratizar o acesso ao ensino. Aliás, o que ela ainda faz até hoje.

Contudo, atualmente, esse método de ensino tem conquistado cada vez mais adeptos por outras razões.

Flexibilidade, custo-benefício e tecnologia são algumas delas, por exemplo.

A educação precisou se adaptar à rotina dinâmica da vida moderna. Isso porque, muitas pessoas simplesmente não conseguem seguir a risca um programa de aulas presenciais.

É preciso conciliar trabalho – em alguns casos, mais de um – afazeres domésticos, vida social, lazer e ainda os estudos.

Neste cenário, por que não dar a escolha das pessoas estudarem de acordo com o seu próprio cronograma?

Afinal, elas estão em busca de soluções que se encaixem em seu dia a dia. Justamente por esse ponto que os cursos EAD começam a ganhar um número mais elevado de alunos.  

O que esperar do futuro da EAD no Brasil?

Daqui para frente é esperado que a EAD no Brasil, assim como em todo mundo, cresça cada vez mais.

Dados recentes do MEC (Ministério da Educação) apontam que de 2017 para 2018 os polos de educação a distância cresceram mais de 133%.

Uma forte influência para esse aumento foi justamente o novo decreto que regula essa modalidade de ensino no Brasil.

Além disso, com mais pessoas buscando formas flexíveis de estudar e o aumento do conhecimento sobre a EAD esse mercado deve superar a educação presencial em breve.

Inclusive, um estudo da ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior) já previu esse crescimento.

A estimativa é que até 2023 as matrículas de cursos EAD ultrapassem as de cursos presenciais em universidades particulares.

A projeção é que hajam 2.276.774 novas matrículas em cursos de graduação EAD, contra 1.993.319 ingressantes em cursos de graduação presenciais.

Em síntese, o futuro da educação será nos Ambientes Virtuais de Aprendizagem.

Por que investir em EAD no Brasil?

Para quem está pensando em ter o seu próprio curso online não há hora mais apropriada do que agora.

Sim, pois não só apenas as grandes instituições que serão beneficiadas pelo crescimento do EAD no Brasil.

Os profissionais que estão em busca de novas oportunidades também podem aproveitar essa onda, para montar o seu curso online.

Como vimos, as pessoas estão prontas para essa nova realidade e perdendo o medo de estudar a distância.

Para que você tenha noção, são mais de 2,9 milhões de alunos que estudam em cursos livres de EAD e esse número tende a crescer, assim como o de graduações a distância.

Outro fator que não podemos esquecer é a facilidade no acesso às tecnologias que podem lhe ajudar a neste momento.

Existem plataforma de EAD prontas, que podem ser customizadas e tornam o desenvolvimento do seu curso totalmente possível.

Em síntese, agora você possui a oportunidade e as ferramentas necessárias para criar o seu próprio curso com menos burocracia. Aproveite!