o que é copywriting

O que é copywriting: conceito + como funciona na prática?

Todo profissional que deseja impulsionar suas vendas e ter uma estratégia de marketing embasada e efetiva, precisa saber o que é copywriting. 

Para entender, de forma detalhada, o que é copywriting, compreender como ela funciona na prática, conhecer suas vantagens e exemplos, basta seguir com sua leitura, a qual abordará:

  • O que é copywriting?
  • O que significa copywriting? 
  • O que é copywriting e como funciona? 
  • Exemplos de texto de copywriting 
  • Quais as vantagens da copywriting? 

O que é copywriting?

Copywriting é uma estratégia de escrita que traz uma série de gatilhos que estimulam ações. Para tanto, conta com técnicas persuasivas que incentivam os leitores a baixarem um material, assinarem uma newsletter, acessarem um site, cederem seu e-mail ou realizarem uma compra. 

O que significa copywriting? 

Copywriting é um termo em inglês que, em tradução livre para o português, significa “marketing de entrada”. Literaturas mais antigas traduzem a palavra como “redação publicitária”. 

Porém, há uma diferença entre elas. Isso porque a copy tem como objetivo gerar conversões e vendas. Já a redação publicitária está mais associada à identidade da marca e ao modo como a empresa quer ficar conhecida e gravada na mente de seu público. 

O que é copywriting e como funciona? 

Um texto de copywriting tem como foco gerar vendas e aumentar conversões. Uma copywriting funciona com base em expressões, termos e palavras que despertam, em um nível subconsciente, a atenção do leitor e, assim, o persuade a realizar uma ação. 

Quando falamos em nível subconsciente, queremos dizer que uma copy utiliza as emoções humanas. 

Considerando que estudos e especialistas afirmam que cerca de 95% das tomadas de decisões acontecem em nível subconsciente e que nenhuma delas é percebida racionalmente, podemos entender o poder e uma potência que uma boa copy apresenta, não é mesmo?

Para compreender melhor o que é copywriting, sugerimos que assista ao vídeo a seguir (não se esqueça de colocar as legendas em português). 

Exemplos de textos de copywriting

Como dito, uma copywriting é um texto persuasivo que traz gatilhos mentais. Para compreender melhor esse conceito, sigamos para exemplos. 

Reciprocidade 

Qual ação óbvia quando você é convidado para um evento ou recebe um presente? É retribuir o gesto de alguma forma, certo? Pois é assim que funciona o gatilho da reciprocidade na copy. 

Por exemplo, sabe quando você lê um texto completo sobre um determinado assunto, tira todas suas dúvidas e se surpreende quando a empresa ainda oferece um e-book gratuito sobre o tema? 

Para baixá-lo, no entanto, você precisa ceder seu e-mail em troca. Você não pensa duas vezes e informa seu e-mail, afinal, nesse caso, o e-book simboliza um presente. 

Tanto que, muitas vezes, o texto traz exatamente esse termo: “Para receber esse presente, basta clicar no botão abaixo e informar seu e-mail”.  

Escassez

A escassez é bastante utilizada para fazer com que as pessoas realizem uma ação rapidamente. Alguns exemplos desse gatilho são: 

  • restam apenas três produtos;
  • a promoção só é válida até a meia-noite de hoje;
  • um desconto será concedido apenas às primeiras 20 pessoas que responderem este email.

Nesses textos, palavras como “apenas” e  “somente” não são escritas por acaso. Elas estão ali para despertar a sensação de medo. Isto é, o medo de perder uma grande oportunidade.

Autoridade 

A autoridade valoriza um sentimento bastante importante no processo de compra: o de confiança. Perceba que quando você lê uma carta de vendas, ela traz uma série de estudos, citações de personalidades importantes e depoimentos. 

Se uma empresa está focada em vender um curso de marketing digital, por exemplo, é comum que ela insira dados sobre como a carreira de seus alunos avançou. 

Também é muito usual que o texto traga informações sobre o nível de satisfação de seus participantes. Tudo isso gera autoridade e confiança, estimulando o processo de compra. 

Além desses gatilhos, há uma série de outros muito poderosos. O livro “As Armas da Persuasão”, de Robert Cialdini, aborda todos eles, e configura uma leitura obrigatória para quem deseja dominá-los. 

O vídeo, a seguir, comenta sobre ele. 

Quais as vantagens da copywriting?

Apesar de uma copywriting ser conhecida como uma carta de vendas pelo fato de que, geralmente, o seu principal objetivo é estimular uma compra, ela traz benefícios para toda a estratégia de marketing digital

Isso porque ela é bastante eficaz também para gerar aproximação com seu público, criar laços com ele e, assim, potencializa a confiança, a credibilidade e, logo, contribui para processos importantes como o da fidelização de clientes

Lembrando que, além de bem-escrita e de trazer gatilhos mentais, palavras específicas como “você” para gerar aproximação, “somente” para despertar o sentimento de escassez” e inserir depoimentos e dados para gerar autoridade (entre muitos outros), há outro elemento essencial dentro desse tipo de texto: a ética. 

Em outras palavras, não vale abusar de termos só para despertar ações, assim como não é nada recomendado exibir vantagens exageradas ou que não sejam verdadeiras sobre um produto/serviço. 

Caso tenha achado esse conteúdo relevante, não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais (olha o gatilho mental da reciprocidade aí 😉). 

Aproveite também para conhecer a EAD Plataforma. 

A EAD Plataforma é um ferramenta de ensino a distância que traz uma série de benefícios para quem deseja oferecer uma ótima experiência de aprendizagem online para seus alunos. 

Para conhecê-la, convidamos você a fazer um teste (gratuito por sete dias)

Crédito da foto de capa: FreePik

Deixe seu comentário!
Fabio Godoy