Blog EAD Plataforma Metodologia EAD 22-07-2019

Metodologia EAD: quais são os principais tipos e como funcionam

A versatilidade do ensino a distância é gigantesca e não se limita apenas aos cursos totalmente online. Saiba que existem outras vertentes de metodologia EAD.

O ensino a distância pode, sim, acontecer somente pela internet. Porém, ele também pode ser mesclado com o ensino presencial, ser utilizado como uma ferramenta de preparação, entre outras alternativas.

Conheça agora os principais tipos de EAD utilizados na área da educação. Entenda de maneira objetiva como eles funcionam neste artigo exclusivo. Boa leitura!

Metodologia EAD: quais são as principais utilizadas?

O crescimento da educação a distância é cada é cada vez mais expressivo. 

Somente em 2017, foram registrados mais de 7.773.828 alunos em curso online no Brasil, de acordo com o Censo 2018 da ABED (Associação Brasileiras de Educação a distância).

Na mesma medida em que o ensino a distância cresce, também se diversifica a sua utilização. Hoje, algumas das subdivisões possíveis da metodologia EAD são: 

  • Ensino a distância online
  • Ensino híbrido;
  • Sala de aula invertida.

A seguir, vamos falar sobre esses diferentes formatos, que ganham novos alunos todos os dias, e que estão transformando a área da educação.

Ensino a distância online

Em primeiro lugar, não poderíamos falar de outro formato que não o dos cursos que acontecem totalmente pela internet.

Eles podem ser conhecidos como e-learning, cursos online ou cursos EAD. Neste caso, não há nenhum tipo de contato físico entre aluno e tutor EAD, ou seja, todo o processo acontece por meio de plataformas que criam um ambiente virtual de aprendizagem (AVA)

Além disso, para que toda a dinâmica de ensino possa acontecer, são utilizados diferentes recursos, tais como: videoaulas, fóruns de discussão, apresentações e e-books.

O esclarecimento de dúvidas, bem como as avaliações também se dão pela internet. Em nenhum momento os alunos precisam se deslocar para qualquer tipo de atividade.

Os produtores de cursos livres são os que mais costumam utilizar esse tipo de metodologia EAD.

Isso porque os processos são mais simples pela internet, os custos mais baixos e o alcance de alunos é muito maior.

Quanto aos alunos, o custo-benefício e a flexibilidade de horários se destacam como as grandes vantagens dessa metodologia EAD

Ensino Híbrido

Já imaginou como seria se misturássemos o melhor dos dois mundos – ensino presencial e a distância – em um único curso? 

Pois então, é justamente esse o objetivo do ensino híbrido (do inglês, blended learning).

O ensino híbrido é uma metodologia EAD que combina características dos cursos presenciais e a distância, integrando educação e tecnologia.

Um exemplo clássico desse formato são os cursos de ensino superior semipresenciais, que vêm crescem em uma velocidade absurda. É o que comprova a matéria divulgada em 2019 no portal Terra, que conta histórias de diversos alunos que encontraram, nessa metodologia EAD, a solução para conciliar a rotina de estudos com as demais atividades diárias. 

Neles, os alunos podem consumir os conteúdos, realizar exercícios e consultar seus professores a distância, online.

Entretanto, a aplicação de provas costuma ser realizada em um dos pólos físicos da instituição de ensino.

Há também o caso de cursos que mesclam uma parcela das aulas em formato digital e outra parcela em formato presencial.

Quanto às escolas de ensino fundamental e médio, uma opção é aplicar atividades em laboratórios de informática, utilizando o AVA.

Em suma, as dinâmicas podem ser diferentes, mas o objetivo dessa metodologia EAD é o mesmo: unir a educação presencial e a distância.

O ensino híbrido oferece às instituições a alternativa de inovar e diversificar o seu sistema de ensino. Vale a pena investir!

Sala de aula invertida

Dentro do ensino híbrido, é possível trabalhar em diferentes formatos: rotação por estações, laboratório rotacional, rotação individual.

Contudo, um dos tipos de EAD  que mais ganhou destaque nos últimos tempos foi a sala de aula invertida (flipped classroom, em inglês).

A sala de aula invertida visa dar maior autonomia aos alunos, para que eles estudem em suas casas por meio de recursos digitais oferecidos pela instituição.

Textos, videoaulas, testes, infográficos, apresentações e até mesmo jogos podem ser utilizados para auxiliar o processo de ensino.

A ideia é fazer com que os alunos cheguem preparados nas salas de aulas, para discutir acerca dos conteúdos consumidos de maneira digital previamente. 

Após apresentarem as suas opiniões, o professor deve atuar como um orientador, convidando-os para uma reflexão sobre o tema.

Essa metodologia EAD ajuda a engajar alunos, incentivando-os se tornarem mais participativos e colaborativos.

Além do mais, também contribui para otimizar o tempo de ambas as partes – alunos e professores – em sala de aula.

O que é preciso para começar a utilizar uma metodologia EAD em minha instituição?

A base para começar a trabalhar com uma  metodologia EAD é contar com uma boa plataforma EAD, também conhecida como LMS (Learning Management System).

Essa ferramenta oferecerá todos os recursos necessários para que você construa um ambiente virtual de aprendizagem, o AVA, para a sua instituição.

Não importa qual seja o seu objetivo: oferecer cursos semipresenciais, criar uma empresa de cursos online ou começar a trabalhar a sala de aula invertida na sua escola, a plataforma EAD é sempre necessária.

Isso porque toda a gestão do seu conteúdo digital será feita por intermédio dela, centralizando em um único lugar todas as ferramentas que você precisará. Da elaboração do conteúdo EAD à gestão dos seus alunos.

Portanto, se você deseja contratar um serviço de qualidade, entre agora em contato com a EAD Plataforma, a mais completa plataforma EAD do mercado, e aplique a metodologia EAD escolhida! 

A nossa equipe de atendimento está sempre à disposição para tirar as suas dúvidas e ajudar a melhorar o seu conteúdo EAD. Fale conosco!

Fabio Godoy