o-que-e-B-learning

O que é b-learning e como ele revoluciona a aprendizagem?

Vivemos uma era de muitos avanços tecnológicos. Muitos deles, inclusive, tiveram impacto direto na educação e no desenvolvimento da aprendizagem. Nesse contexto, saber o que é b-learning e como ele revoluciona o processo educacional no país é muito importante, especialmente se você tem interesse em metodologias EAD

Fazendo coro a outras modalidades de ensino a distância, como o e-learning, o microlearning, o m-learning (ou Mobile Learning) e o u-learning (Ubliquitous Learning), o b-learning surge como uma forma de ensino que promete transformar a comunicação entre o tutor EAD e os alunos, promovendo interações únicas. 

Quer entender melhor como tudo isso funciona na prática? Então continue a leitura deste artigo! 

O que é b-learning?

Antes de mais nada, precisamos entender exatamente o que é b-learning, ou blended learning. Trata-se de uma modalidade de ensino híbrido, que combina práticas pedagógicas do ensino presencial e a distância. O objetivo principal é aliar ambas as metodologias para engajar alunos EAD e melhorar seu desempenho.  

De acordo com a especialista Julia Fisher, diretora para educação do think tank Clayton Christensen Institute, dos Estados Unidos, em entrevista para a Época Negócios, o blended learning é o futuro da educação. “Ensino híbrido não é qualquer sala de aula que tenha tecnologia. Em vez disso, descreve especificamente a combinação de experiências de aprendizagem flexíveis e online dentro das escolas feitas de tijolo e argamassa”. 

Deu pra perceber o quão complexo pode ser o sistema de ensino b-learning, não é? 

Como o b-learning ele funciona?

Agora que já entendemos o que é b-learning, é importante falarmos, também, sobre como ele funciona. 

De forma geral, podemos dizer que os cursos que seguem a metodologia b-learning seguem dois caminhos: adotar mais práticas relacionadas ao ensino a distância, ou mais práticas ligadas ao ensino presencial. 

Funciona mais ou menos assim: 

B-learning com foco presencial

Nesta modalidade, a principal motivação da metodologia é gerar possibilidades de interação e envolvimento entre os alunos e o professor. 

Normalmente, o conteúdo é disponibilizado em uma plataforma EAD, para que sejam posteriormente discutidos em encontros presenciais. 

Nesta modalidade, as avaliações e trabalhos também são desenvolvidos de forma física, embora as entregas e notas sejam feitas, novamente, na plataforma. 

B-learning com foco a distância

Quando o foco da metodologia é o ensino a distância, as plataformas online são as principais ferramentas de ensino e absorção dos conteúdos. 

Lá, são disponibilizados os trabalhos, realizados os fóruns de discussão, realizadas as transmissões de aulas ao vivo, entre outros. 

Como aqui o foco é explorar ao máximo as potencialidades do ensino a distância, as avaliações, pesquisas e trabalhos devem ser feitos pelos alunos via plataforma, e os momentos presenciais aconteçam exclusivamente para avaliações ou apresentações. 

Quais as vantagens do ensino b-learning? 

Depois de compreender o que é b-learning e como ele pode funcionar, é hora de discutirmos o por quê desse formato de ensino ser tão promissor.

A principal vantagem do ensino b-learning é a possibilidade de complementar a interação presencial com a online, e vice-versa. Por essa razão, é uma modalidade completa, que estimula o engajamento dos alunos e possibilita um alto índice de aproveitamento. 

Além disso, o b-learning também é vantajoso por: 

  • possuir custos mais baixos do que modalidades inteiramente presenciais; 
  • permitir que os alunos explorem as ferramentas que melhor funcionam para eles (sejam elas do ambiente virtual ou real); 
  • permitir a troca de experiências e a resolução de dúvidas e questões diretamente com o professor ou tutor; 
  • possibilitar acesso irrestrito aos materiais disponíveis na plataforma a qualquer hora e lugar;
  • estimular o comprometimento dos alunos com o curso, que precisam se organizar para frequentar os encontros presenciais.

O importante é compreender que o modelo de aprendizagem b-learning é baseado na complementaridade das modalidades presencial e a distância. Quando utilizadas em sintonia, as duas formas de ensino podem trazer mudanças efetivas e transformadoras para a sua empresa de cursos online e para o desempenho dos alunos. 

B-learning e e-learning: quais as diferenças? 

Apesar de serem metodologias de ensino semelhantes, b-learning e e-learning são diferentes em alguns aspectos. Por isso, é importante conhecer as particularidades de cada metodologia para entender qual delas se aplica melhor aos cursos oferecidos. 

A diferença essencial entre b-learning e e-learning é na necessidade de contato presencial entre os alunos e o professor. 

Por isso, diferentemente do e-learning, o blending learning tem, em sua base, a mescla entre o ensino presencial e o ensino a distância. Ele valoriza o contato presencial promovendo interações e atividades práticas para transmitir conhecimentos teóricos. 

Dificilmente um curso ministrado em b-learning será feito exclusivamente de videoaulas criativas ou salas de bate-papo. Ele precisará contar, também, com atividades que estimulem a participação dos alunos, inclusive presencialmente. 

Sabendo o que é b-learning e como a metodologia combina estratégias de ensino em busca da inclusão social na educação, é possível compreender como o ensino a distância vem revolucionando o acesso às informações. Se você gosta desse assunto e quer entendê-lo um pouco melhor, temos uma recomendação a fazer: aproveite o fim desta leitura para saber por que a EAD no Brasil está crescendo tanto!

Fabio Godoy