o que é diagnóstico das necessidades de treinamento

O que é diagnóstico das necessidades de treinamento? Proposta + importância

Saber o que é diagnóstico das necessidades de treinamento vem sendo uma demanda recorrente de empresas de todos os portes. Afinal, não basta apenas que o gestor suponha que seus colaboradores precisem reciclar conhecimentos ou adquirir novos, é fundamental saber, ao certo, as melhores práticas para abordar os gaps de habilidades e competências desses funcionários. 

Para conhecer o passo a passo desse processo, entender o que é diagnóstico das necessidades de treinamento, compreender sua importância, e muito mais, basta ler este artigo até o fim. Boa leitura!

O que é diagnóstico das necessidades de treinamento?

O diagnóstico das necessidades de treinamento nada mais é do que uma estratégia que levanta as dificuldades, os desafios e identifica o status das competências e habilidades dos colaboradores de uma empresa. Esse processo pode acontecer tanto individualmente, como por departamentos ou em toda a organização. 

Depois de feito o levantamento, é possível detectar as lacunas de conhecimento, identificar pontos de melhorias e, assim, traçar planos para otimizar o desempenho dos funcionários. 

Fácil entender o que é diagnóstico das necessidades de treinamento, não é mesmo? Mas, será que ele é indispensável ou apenas representa um trâmite burocrático organizacional? Descubra a seguir. 

O que é diagnóstico das necessidades de treinamento: importância 

A importância de realizar esse diagnóstico é que, ao identificar esses gaps, é possível direcionar os esforços práticos para cobri-los. Desse modo, há uma economia de tempo e de dinheiro com métodos ou estudos obsoletos e desnecessários. 

Outra vantagem relevante é que essa estratégia gera mais segurança aos colaboradores. Isso porque, por meio dela, eles podem conhecer, de fato, não só os pontos que precisam ser melhorados, mas entenderão de que forma suas habilidades serão otimizadas. 

Sem falar que perceberão uma preocupação genuína da empresa em relação ao seu bem-estar e desenvolvimento. Logo, como consequência direta, não apresentarão resistência para adquirir novos conhecimentos, assim como se mostrarão mais produtivos. 

Outro benefício relevante é de que essa medida protege a segurança da empresa. 

Basta pensarmos que sem o conhecimento dessas necessidades, a probabilidade de saber que um funcionário não sabe utilizar um determinado software é menor. Sendo assim, ele pode expor a organização a riscos de invasão, roubos de dados e fraudes

Sem falar nas empresas que trabalham com máquinas grandes e pesadas. O mau uso desses equipamentos pode ocasionar lesões e, até mesmo, morte dos colaboradores. 

Ciente do que é diagnóstico das necessidades de treinamento, e conhecendo sua importância e vantagens de aplicá-la, você deve estar se perguntando quais são as bases dessa estratégia, certo? Confira-as, logo abaixo. 

Como realizar o diagnóstico das necessidades de treinamento?

Conheça o passo a passo desse processo. 

Defina objetivos claros e imediatos 

A não ser que sua empresa esteja passando por um processo profundo de reestruturação, o qual demandará estratégias mais complexas em todos os níveis e departamentos, é essencial estabelecer metas mais imediatas para realizar o diagnóstico. 

Nesse sentido, é fundamental ressaltar que esses objetivos devem estar alinhados com a proposta de valor e a missão da companhia. 

De forma simples, isso significa que se a companhia em questão for uma fintech, a sua metodologia deve ser mais ágil e ter um prazo de implementação e finalização menor. Caso contrário, ela poderá não acompanhar a evolução do negócio e, até mesmo, entravá-lo. 

Em relação às metas mais urgentes, uma empresa que trabalhe com cursos livres à distância e que deseje expandir suas vendas, deve priorizar o diagnóstico dos time de de vendas para, depois, realizar a avaliação do atendimento e marketing. 

Analise as competências 

Para analisar as competências, é crucial conversar com os gestores de cada área. Eles conseguirão, de fato, apontar os pontos de melhoria em relação a seus times. 

Também é importante se reunir com os funcionários envolvidos. Isso porque é possível que seus desempenhos estejam aquém por falha de seus gerentes. Aqui, a sua visão como gestor será determinante.

Outro método é aplicar questionários e testes práticos e teóricos com seus colaboradores. Essa ação, é claro, deve ser acompanhada por seu time de RH para não expor ninguém desnecessariamente. 

Decida quem participará do treinamento

Após conversar com os gestores de cada departamento e de conhecer as expectativas e gaps dos funcionários por meio de reuniões e testes, chega a hora de decidir quais colaboradores participarão do treinamento. 

Aqui, é imprescindível analisar questões de ordem práticas. Por exemplo, será que vale a pena treinar um funcionário mais antigo que esteja prestes a se aposentar? Também é vital analisar se todos os colaboradores têm o perfil necessário. Caso não, talvez seja interessante transferi-los para outras áreas ou, em último caso, desligá-los. 

Após feito todo esse estudo, você já consegue determinar que colaboradores deverão passar pelo treinamento. 

O vídeo abaixo complementa o assunto:

Confira também:

O que é diagnóstico das necessidades de treinamento: dica 

Depois de decidido quais serão os funcionários envolvidos e de que treinamento eles participarão, segue uma dica para que esse processo tenha sucesso: conte com uma plataforma que permita que você treine sua equipe com embasamento, por meio de cursos à distância, e que otimize seus custos. 

Para isso, você pode contar com a EAD Plataforma, uma ferramenta prática e intuitiva que oferece uma gestão simples e completa. 

Para saber como a EAD Plataforma funciona e compreender se ela atende às suas demandas atuais, convidamos você a fazer um teste gratuito por sete dias

Fabio Godoy