como elaborar um programa de treinamento

Como elaborar um programa de treinamento em 4 passos simples

Saber como elaborar um programa de treinamento deve ser uma das prerrogativas de todo gestor que deseja ter sucesso em seu negócio. Afinal, investir em capital humano ajuda a reter talentos, melhora produtividade dos colaboradores e, como consequência, impulsiona o ROI (Retorno sobre o Investimento) da companhia. 

Para chegar a essas conclusões, importantes pesquisas foram realizadas ao redor do globo, como as descritas a seguir:

  • segundo a Clear Company, 68% dos funcionários consideram que o investimento em treinamento e desenvolvimento configura a política mais importante de uma companhia;
  • já o Huffington Post mostrou que empresas que investem em treinamento apresentam uma margem de lucro 24% maior do que as que não investem;
  • de acordo com a go 2 HR, quase metade dos funcionários com treinamento insuficiente deixa a organização no primeiro ano de atuação;
  • relatório da Rapt Media revelou que mais de  US $ 500 bilhões são perdidos anualmente devido ao desligamento de colaboradores;
  • pesquisa da Gallup apontou que apenas 13% dos funcionários se sentem engajados e sintonizados com as companhias em que atuam.

Diante dessas estatísticas, é possível concluir que as organizações que priorizam o treinamento têm mais lucro, não perdem dinheiro com o turnover e, de quebra, têm funcionários mais engajados. Já as que não possuem políticas voltadas para a capacitação têm prejuízos e  colaboradores pouco engajados. 

Para saber as vantagens desse modelo e conhecer o passo a passo completo de como elaborar um programa de treinamento em sua empresa, basta ler este post até o fim. Boa leitura!

Como elaborar um programa de treinamento: vantagens 

A importância de saber como elaborar um programa de treinamento já foi abordada acima. No entanto, questões como lucro e engajamento estão totalmente ligadas a outras bastante relevantes e benéficas, que são:

  • aumenta a eficiência dos colaboradores: uma vez que com o treinamento adequado eles se sentem mais confiantes e, assim, são mais eficientes;
  • reduz a necessidade de supervisão: pelo fato de um funcionário bem treinado errar bem menos, logo, precisa de menos supervisão;
  • melhora a geração de ideias:  considerando que com habilidades mais desenvolvidas, os funcionários se sentem mais motivados a sair de suas zonas de conforto, eles assumem mais risco, têm mais ideias e, assim, conseguem oferecer soluções para problemas mais complexos;
  • dá um boost na reputação da companhia: se sentindo mais confiantes e motivados, seus colaboradores falarão bem de sua empresa, a qual, por sua vez, será vista com bons olhos tanto pela concorrência como pela sociedade em geral, pelo fato de demonstrar valores e preocupação além do lucro;
  • gera oportunidades de crescimento de carreira para os funcionários: uma vez que, mais capacitados, eles conseguem assumir maiores responsabilidades. 

Em outras palavras, saber como elaborar um programa de treinamento traz benefícios tanto para a organização como para os colaboradores em que nela atuam. 

O vídeo, a seguir, mostra, de forma simples e fácil, como montar um plano de treinamento em uma organização (não se esqueça de colocar legendas em português). 

Como montar um plano de treinamento de sucesso?

Aprenda, agora, por meio de um passo a passo completo, como montar um programa de treinamento efetivo em sua empresa. 

1. Alinhe as necessidades da empresa e dos colaboradores

O primeiro passo para saber como montar um programa de treinamento em sua organização se refere à identificação de necessidades da corporação e de seus funcionários. 

Para alinhar essas duas questões e, assim, tentar atender as expectativas de ambos os públicos, é fundamental realizar um diagnóstico profundo da companhia.

Aqui, é essencial avaliar:

  • quais competências dos funcionários precisam ser desenvolvidas;
  • os motivos que geram insatisfação entre os colaboradores;
  • as expectativas da empresa em relação ao seu capital humano;
  • que resultados a companhia deseja alcançar. 

Nesse cenário, é vital enfatizar que o gestor deve tomar um cuidado especial para não cobrar resultados muito antes do tempo. 

2. Planeje o programa 

Depois de avaliadas as necessidades e expectativas da companhia e dos colaboradores, o próximo passo é planejar um programa de treinamento que busque solucionar todas essas demandas. 

Nessa fase, é imprescindível estabelecer:

  • o orçamento destinado ao plano;
  • a metodologia empregada;
  • quais funcionários farão parte dele;
  • a duração do treinamento;
  • o local em que ele será aplicado. 

3. Execute o treinamento 

Agora chegou o momento de colocar o plano em prática. Para tanto, é necessário:

  • produzir conteúdo sobre o tema que explore e explique todas as etapas do treinamento e seus objetivos;
  • explicar para os funcionários como o treinamento irá funcionar e quais vantagens ele trará tanto para a organização como para eles em nível profissional e pessoal.

4. Acompanhe a evolução de seu time

Acompanhar a evolução de seus funcionários talvez seja o passo mais difícil desse processo, mas não deixa de ser essencial. Para tanto, é preciso avaliar constantemente os efeitos produzidos pelo treinamento, como:

  • os colaboradores estão se sentindo capacitados a exercerem tarefas que antes tinham dificuldades?
  • o que está funcionando e que o não está dentro desse plano? Por que?

Nessa etapa, uma boa dica para que o processo seja fluido e mais dinâmico é aplicar métodos de gamificação. Por meio deles, é possível identificar gaps e pontos fracos em tempo real, o que pode ser bastante interessante. 

Leia também: Dinâmicas de grupo para treinamento motivacional: 4 ideias + 1 bônus

Como elaborar um programa de treinamento? Conclusão

Ao longo desse texto, você entendeu a importância de treinar funcionários, assim como conheceu os benefícios e o passo a passo de um programa desse gênero. Além disso, pôde compreender a relevância de valorizar a educação corporativa, certo?

Para ajudá-lo a colocar esse plano em prática sem erro e sem dificuldade, você pode contar com a EAD Plataforma, que possibilita que você treine sua equipe, ofereça cursos a distância a ela e, assim, melhore o engajamento de seus colaboradores e incremente os resultados de sua companhia. 
Quer entender melhor como a EAD Plataforma funciona? Então, clique aqui e teste a ferramenta por sete dias sem custo algum!

Fabio Godoy