o-que-e-gestao-conhecimento

O que é gestão do conhecimento nas empresas? Por que vale a pena investir na prática?

A revista Forbes já dizia: “conhecimento é poder, mas não como você pensa”. Encontrar profissionais altamente qualificados algo desejado na rotina corporativa. Mas você sabe o que é gestão do conhecimento nas empresas e por que ela é fundamental para tornar este conhecimento mais valioso? Não? Não se preocupe. Chegou a hora de descobrir. 

Gestão do conhecimento é a capacidade de armazenar e gerir cada informação que movimenta processos em uma empresa. 

De forma simplificada, podemos dizer que empresas que conhecem este conceito e o utilizam são capazes de fazer fluir o capital intelectual do negócio, garantindo que informações importantes para o desenvolvimento da corporação circulem entre atores capazes de aplicá-las na prática. 

Despertamos sua curiosidade sobre esse termo tão poderoso? Então continue a leitura para saber mais sobre o que é gestão do conhecimento nas empresas.

O que é gestão do conhecimento nas empresas? 

Entendemos como gestão do conhecimento nas empresas um conjunto de processos, experiências e práticas que contribuem para a evolução e manutenção de um negócio.

O conceito de gestão do conhecimento está muito ligado ao de capital intelectual. Capital Intelectual representa conhecimentos pessoais, adquiridos e armazenados por pessoas que atuam nas empresas. 

Saber gerir o capital intelectual de um negócio é tão importante quanto administrar recursos financeiros e receita. E a melhor forma de fazer isso é construindo um robusto programa de educação continuada, atrelado à políticas de educação corporativa. Falaremos sobre isso mais à frente. 

Por que é importante investir em gestão do conhecimento nas empresas?

Saber o que é gestão do conhecimento nas empresas vai além do domínio das melhores técnicas para administrar o capital intelectual do negócio. 

Na verdade, quanto menos a gestão do conhecimento for vista como “operação”, melhor. Afinal, trata-se de um movimento essencialmente pautado no relacionamento humano entre os colaboradores. 

Ao entenderem o que é gestão de conhecimento e aplicarem suas técnicas na organização, as empresas saem ganhando em múltiplos aspectos. Quer ver só?

Colaboradores mais engajados e motivados

O primeiro grande impacto de entender o que é gestão do conhecimento nas empresas e aplicar seus princípios é refletido diretamente nos colaboradores. 

Afinal, ao serem constantemente estimulados e valorizados, os trabalhadores tendem a executar suas tarefas com mais motivação. Além disso, empresas cientes da relevância do capital intelectual de seus negócios acabam por criar um verdadeiro círculo virtuoso na organização:

  • um colaborador se desenvolve;
  • compartilha seus conhecimentos para ajudar a desenvolver a empresa; 
  • é valorizado;
  • sente mais vontade de se desenvolver;
  • e por aí vai. 

Diante disso, pense na gestão do conhecimento como uma ferramenta motivacional, e incentive seu time a aprender de forma contínua — assunto do próximo tópico. 

Criação de uma cultura de educação continuada

A educação continuada é uma das mais efetivas formas de desenvolver pessoas nas organizações. Isso porque a estratégia valoriza o aprendizado frequente e constante. 

Com isso, os colaboradores tendem a encarar suas rotinas de forma diferente. 

De um ambiente regulado e repleto de atividades feitas “por obrigação”, a educação continuada transforma a rotina em uma fonte constante de novas experiências e lições transpostas para toda a vida. 

Quer ver como a educação continuada pode impactar nas empresas? Então assista a essa entrevista do célebre filósofo, professor e autor Mario Sergio Cortella sobre o tema: 

Melhor ambiente de trabalho

Imagine trabalhar em uma empresa que não apenas estimula, mas também valoriza a gestão do conhecimento?

Na prática, isso significa que, em seu ambiente de trabalho, é possível aprender de forma contínua por meio de cursos, treinamentos empresariais e experiências práticas. 

Mas não é só isso! Uma empresa com gestão de conhecimento também oferece suporte para trocas estratégicas de conhecimentos (entre áreas ou entre colaboradores), criando um fluxo de informações sempre em ação.

Comunicação interna mais eficiente

Por fim, saber o que é gestão do conhecimento nas empresas e aplicá-la na organização pode contribuir para melhorar a comunicação interna

Como isso é possível? — você pode estar se perguntando.

Nós respondemos! Por meio de um fluxo de informações constante, os colaboradores tendem a se sentir mais integrados ao posicionamento estratégico da empresa. Além de contribuir para que trabalhem com mais engajamento, isso também faz com que o time se interesse mais pelo que é divulgado pelos canais oficiais, tornando a comunicação interna mais simples e mais efetiva. 

Exemplos práticos para inspirar

Agora que você já sabe o que é gestão do conhecimento nas empresas, que tal vermos alguns exemplos práticos para te ajudar a colocá-la em prática na sua organização? 

Universidade corporativa: o caso McDonald’s 

Ter uma universidade corporativa é uma forma efetiva de exercitar a gestão do conhecimento nas empresas. Diante disso, o gigante do ramo de fast food, Mc Donald’s, criou a Universidade do Hambúrguer, espaço onde colaboradores se desenvolvem totalmente apoiados e estimulados pela empresa. 

Conheça mais sobre a universidade corporativa do McDonald’s no vídeo abaixo: 

Metodologias ágeis: o caso Toyota

Desenvolver metodologias de produção é uma forma de apostar em gestão do conhecimento. 

Na verdade, muitas empresas buscam formas funcionais para gerir processos com mais assertividade. A Toyota marcou uma era ao desenvolver e aplicar sua própria metodologia de produção. O objetivo era trazer dinamismo para a produção, automatizando tarefas e agilizando etapas. 

Aprenda um pouco mais sobre o método Toyota de produção aqui: 

Pensando fora da caixa: design thinking para gestão do conhecimento

Você já ouviu falar em design thinking? Trata-se de uma ferramenta de compartilhamento de ideias e superação de desafios baseada na criatividade. 

O design thinking é uma forma de gerir conhecimento estimulando o desenvolvimento de soluções inovadoras para problemas rotineiros. 

Quer conhecer mais sobre a ferramenta? Veja o vídeo a seguir: 


Agora que você já sabe o que é gestão do conhecimento nas empresas, que tal se aprofundar um pouco mais no assunto? Nossa sugestão é este artigo, sobre ferramentas de gestão do conhecimento!

Fabio Godoy