treinamento para professores

Qual a importância do treinamento para professores e como montar?

Todos os educadores, sejam recém-formados ou com anos de experiência, precisam se manter em constante aperfeiçoamento para que possam desenvolver bem o seu trabalho.

Além disso, para ser um bom professor, não basta apenas dominar a disciplina que se vai ensinar. É preciso também desenvolver uma série de habilidades que são essenciais nesse processo de transmitir conhecimento. 

É aí que entra o treinamento para professores: para ajudar os educadores nesse processo permanente de desenvolvimento tanto de habilidades hard (técnicas) quanto soft (comportamentais). 

Você sabia que, de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), são dez as competências gerais que os professores devem desenvolver em seus alunos? São elas:

  1. Conhecimento
  2. Pensamento científico crítico e criativo
  3. Repertório cultural
  4. Comunicação
  5. Cultura digital
  6. Trabalho e projeto de vida
  7. Argumentacão
  8. Autoconhecimento e autocuidado
  9. Empatia e cooperação
  10. Responsabilidade e cidadania

Para ser possível aos professores desenvolverem essas habilidades em seus alunos, é preciso que eles também tenham essas habilidades bem desenvolvidas em si, certo?

Por falar em habilidades, é válido lembrar que, dentre os sete tipos de inteligências existentes, há pelo menos três que os professores precisam ter para irem bem na profissão: 

  • Linguística: pessoas que têm essa inteligência bem desenvolvida tem muita facilidade em se expressar oralmente e na forma escrita.
  • Interpessoal: ligada à capacidade natural de liderança, essa inteligência é identificada em pessoas extremamente ativas que, em geral, causam uma grande admiração nas outras pessoas.
  • Intrapessoal: esta inteligência está presente em pessoas que têm uma grande facilidade em entender o que as pessoas pensam, sentem e desejam.

Assim, seja para desenvolver essas habilidades/inteligências ou para atualizar o conhecimento técnico dos docentes na sua escola, o treinamento para professores cumpre um papel fundamental na qualidade do ensino oferecido pela sua organização. 

Sem contar que o treinamento pedagógico para professores atua ainda no desenvolvimento da arte de ensinar, ao abordar disciplinas como:

  • Prática e Metodologias de Ensino;
  • Didática;
  • Psicologia da Educação.

Por isso, se você deseja montar um bom treinamento para professores, mas não sabe como, continue lendo esse post, pois preparamos algumas dicas de ouro para você!

Você também pode continuar se especializando com esses conteúdos:

Como montar um treinamento para professores?

Voltado para melhorar práticas de ensino, o treinamento para professores deve levar em consideração as competências dos docentes que se deseja desenvolver, sem esquecer, é claro, do público com o qual eles interagem.

Isso porque diferentes públicos demandam diferentes técnicas e estratégias de ensino para que o conteúdo seja transmitido da forma mais eficiente possível.

Levando isso em consideração, a primeira dica para montar um bom treinamento pedagógico para professores é: 

1. Identifique as necessidades do treinamento

Primeiro, é preciso identificar pontos que se queira melhorar com o treinamento. Ou seja, que tipos de competências, habilidades e técnicas você deseja aperfeiçoar no seu quadro de professores. 

Você pode fazer isso, por meio deste questionário para levantamento de necessidades de treinamento

O questionário é bastante eficaz, juntamente com outras ações como avaliações de desempenho e reuniões periódicas com coordenadores pedagógicos, para avaliar e identificar oportunidades de desenvolvimento dos professores.

2. Determine objetivos claros e específicos

Uma vez escolhido o que precisa ser melhorado no seu quadro de docentes, é preciso determinar os objetivos do seu programa de treinamento para professores. 

Os objetivos, ou o que se deseja alcançar com o treinamento, servirá de base para estruturação do programa de treinamento, estabelecendo de forma sistematizada e específica cada etapa de aprendizagem da capacitação. 

Quanto mais específicos forem os objetivos, mais fácil será medir, após o término da capacitação, se o que se desejava melhorar com o treinamento foi alcançado. 

3. Planeje nos mínimos detalhes

Uma vez identificadas as necessidades que precisam ser atendidas e objetivos que se pretende alcançar, é hora de definir a estratégia a ser utilizada e elaborar o plano de aprendizagem do programa de treinamento para professores. 

Nesse passo, você precisa planejar nos mínimos detalhes como vai ser o treinamento. Por exemplo: 

  • qual será o formato do treinamento: serão aulas tradicionais, palestra, workshop?
  • quais serão os módulos de ensino do treinamento, quais assuntos/temas irão abordar;
  • como vai ser aplicado o curso: presencial, remoto ou híbrido;
  • quais materiais e ferramentas de apoio serão utilizadas.

Caso opte pela modalidade remota, esse passo a passo de como montar um treinamento EAD em 5 etapas irá ajudar você nesse processo.

4. Ensine sobre os diferentes públicos 

O treinamento para professores pode – e deve – ainda conter, em seu conteúdo programático, disciplinas que ensinam sobre o público para o qual seus professores ensinam. 

Por exemplo, se os professores da sua escola dão aula para crianças, pré-adolescentes, adolescentes ou adultos é importante levar em consideração os estágios de aprendizado e desenvolvimento de cada um desses públicos. 

Talvez você já tenha ouvido falar da Teoria do Desenvolvimento Cognitivo de Piaget. Essa teoria explica que o desenvolvimento cognitivo humano é dividido em quatro estágios de acordo com a idade do indivíduo:

  • Sensório-motor (24 meses de vida)
  • Pré-operatório (2 a 7 anos)
  • Operatório concreto (7 a 11/12 anos)
  • Operatório formal (12 anos em diante)

Cada um desses estágios tem características próprias de aprendizado e, por isso, é importante que o professor conheça essas particularidades para, assim, dependendo de qual for o seu público, poder desenvolver um método de ensino considerando as limitações e potencialidades dos seus alunos.

5. Crie um programa de aprendizagem dinâmico

Depois do planejamento, chegou a hora de efetivamente criar os conteúdos e atividades de aprendizagem do treinamento pedagógico para professores. 

Ao fazer isso, é preciso se atentar para:

  • planejar seus materiais de uma maneira que coloque os professores no controle de seu próprio aprendizado;
  • incluir elementos interativos e práticos que permitem que o treinamento seja mais dinâmico;
  • prever momentos para que os professores possam dar feedback sobre o treinamento durante todo o processo;
  • abordar cada tópico cronologicamente, de modo que forneça uma base para a lição que vem a seguir;
  • tentar contemplar formatos diferentes para ver qual produz os melhores resultados;
  • abordar histórias e cenários da vida real para aproximar a teoria da prática.

Agora que você já sabe como montar um treinamento para professores, o que acha de experimentar a EAD Plataforma na elaboração da sua capacitação online? Agende uma demonstração personalizada gratuita e aprenda como a nossa ferramenta pode ser útil para o seu negócio!

Deixe seu comentário!