Blog EAD Plataforma 16-11-2018 Empresa de cursos online

Como criar sua própria empresa de cursos online?

Seja para abrir uma empresa de cursos online ou qualquer outro tipo de negócio, você precisará lidar com processos burocráticos.

E impossível não cumprí-los, pois eles têm o papel de garantir o funcionamento, proteger e regulamentar o seu negócio. Sendo assim, você não escapará deles!

Por isso, reunimos aqui os processos que você não pode ignorar quando estiver abrindo sua empresa de cursos online.

Leia esse artigo para descobrir mais sobre cada um deles!

Os passos essenciais para montar uma empresa de cursos online

Vamos partir do pressuposto de que você já definiu qual será o seu curso online, fez o seu planejamento e organizou o seu conteúdo.

Após esse processo, será o momento de você pensar em todos os passos necessários, para organizar a sua empresa de cursos online.

Afinal, você está criando um negócio sério, que precisa ter uma imagem de credibilidade, para conquistar a confiança dos seus alunos.

Pensando nisso, listamos nesse artigo as ações que julgamos essenciais, para você estruturar a sua empresa de cursos online e ter mais chances de sucesso. Confira:

  • Contrate uma plataforma EAD;
  • Abra sua empresa;
  • Registre o seu domínio;
  • Crie o seu logo;
  • Monte o seu site;
  • Invista no marketing;
  • Registre a sua marca;

Agora que você já sabe quais são, vamos nos aprofundar um pouco mais em cada tema.

Contrate uma plataforma EAD

Você sabe qual é a maneira mais fácil de colocar o seu curso no ar? Sem sombra de dúvidas é através de uma plataforma EAD.

Essa ferramenta já está pronta para uso e possui todos os recursos necessários para uma empresa de cursos online.

Desde funções administrativas, como o gerenciamento de matrículas, até a publicação e veiculação dos conteúdos.

Em suma, todas as funcionalidades necessárias para um curso online você encontrará em uma plataforma EAD, por exemplo:

  • Método de pagamento;
  • Biblioteca;
  • Fóruns de discussão;
  • Modelos de certificado;
  • Gestão de alunos.

Viu só? Com essa ferramenta você terá tudo o que necessita em um único lugar.

Existem diversas empresas que oferecem esse tipo de serviço. Porém, a melhor delas, com toda a certeza, é a EAD Plataforma.

Além de oferecer uma ferramenta completa, com um excelente custo-benefício, nossa qualidade de atendimento é imbatível.

Quer conhecer mais sobre nós? Você pode entrar em contato com a nossa equipe ou partir já mesmo para um teste gratuito por 15 dias.

Basta acessar nosso site e fazer a sua escolha, estamos aguardando pelo seu contato.

Abra sua empresa

Outro passo importante que você deve tomar, ao criar um curso online, é abrir uma empresa, legalizando a sua situação de empreendedor.

Salvo o caso dos produtores de cursos livres, que até podem comercializar os seus conteúdos sem abrir uma empresa, o ideal é que antes de colocar o seu material no ar, a sua empresa já esteja aberta e regularizada.

Inclusive, no caso dos cursos livres, mesmo que a abertura da empresa não seja obrigatória, ela é recomendada. Explicamos mais sobre esse tema em um artigo sobre a Legislação de cursos livres.

Mas, voltando ao assunto, um negócio precisa apresentar o seu CNPJ, praticamente, em todas as situações, como por exemplo:  

  • Emissão de notas fiscais;
  • Contratação de colaboradores;
  • Contratação de fornecedores;
  • Processos bancários.

Em síntese, regularizar a situação da sua empresa é necessário para que você esteja dentro da lei, evitando futuros problemas legais.

O recomendado é que você procure o apoio de um contador, para cuidar de todo esse processo.

Para que você tenha uma ideia, de acordo com o site do SEBRAE, os passos para abrir sua própria empresa são:

  1. Consulta de viabilidade do nome empresarial;
  2. Registro legal na junta comercial;
  3. Registro como contribuinte, ou seja, obtenção de um CNPJ;
  4. Registro na Prefeitura Municipal;
  5. Alvará do corpo de bombeiros;
  6. Alvará de funcionamento;
  7. Cadastro na previdência social;
  8. Registro do aparato fiscal.

IMPORTANTE: Por serem um tipo de serviço, os cursos online necessitam apenas de Inscrição Municipal. Isso porque a Inscrição Estadual é uma exigência somente para empresas de produção de bens e/ou venda de mercadorias.

Registre o seu domínio

Ter um site e e-mail próprio é essencial para uma empresa de cursos online, concorda?

Pois bem, saiba que para ter esses dois serviços, antes você precisará registrar o seu domínio.

O domínio é uma sequência de números de IP que determina a identidade virtual do seu site. Basicamente, ele funciona como o endereço da sua residência para você.

Entretanto, seria muito difícil acessar o site do seu curso online através dessa sequência de números.

Por isso, é necessário utilizar uma máscara para esse número de IP. Que nada mais é que o nome escolhido para o endereço do site.

Por exemplo, assim como o nome da nossa empresa, o nosso domínio é EAD Plataforma.

Sendo assim, toda vez que alguém digitar www.eadplataforma.com essa pessoa será levada até o nosso site.

Portanto, agora que você já sabe o que é um domínio, chegou o momento de saber como fazer o seu.

Através do site Registro.br você pode consultar os domínios disponíveis e também registrar o seu próprio. O processo é muito simples!

Crie o seu logo

Todo negócio de credibilidade precisa de uma marca sólida, que represente a sua imagem. Por essa razão, ter um logotipo é essencial.

Composto por ícones e tipografia, o logotipo é um simbolo que serve para facilitar a identificação da empresa pelo público.

A criação do logo é um dos primeiros passos para estruturar a área de marketing de um negócio que está começando.

Imagine só, como produzir comunicações de impacto sem um logotipo para representar sua marca? Praticamente impossível.

Por isso, a sua empresa de cursos online deve sim ter o seu próprio logo.

É importante definir bem o seu conceito! Afinal, pense na responsabilidade desse símbolo. Ele será “apenas” a representação do seu negócio.

Sendo assim, busque por um profissional de Design Gráfico de sua confiança, para fazer a criação desse material para você.

Monte o seu site

Em uma escola de cursos online, o site é a porta de entrada para os possíveis alunos chegarem até você.

É por meio dele que você poderá contar mais sobre a história do seu negócio, captar leads e realizar as vendas.

Por essas e outros razões ter um site é indispensável. Aliás, é importante ressaltar alguns cuidados que devem ser tomados na construção do seu site.

Por exemplo, é importante que ele tenha um design intuitivo, uma comunicação de fácil compreensão, siga as recomendações de SEO e conte com call to actions, para facilitar a conversação dos leads.

Em síntese, é somente com o site pronto é que você poderá, efetivamente, começar a vender os seus cursos online.

Invista no marketing

Você também precisa comunicar para o seu público que agora o seu curso online já está disponível, ou seja, é hora de elaborar qual será a sua estratégia de comunicação e marketing.

Na área de comunicação você precisará definir sua identidade visuala missão da sua marca e qual é a mensagem que você deseja passar para os seus clientes.

Por outro lado, na área de marketing, será onde você pensará, efetivamente, em quais estratégias que usará para atrair potenciais clientes e gerar vendas.

Lembre-se de separar uma verba para essa essas ações no seu planejamento financeiro, essa etapa é realmente muito importante.

Bem, nós sabemos que, para começar a criar cursos online, iniciando o seu novo negócio, você precisará economizar.

Por isso, listamos algumas ações com BAIXO CUSTOS que vão lhe ajudar a divulgar o seu curso de EAD e atrair clientes:

  • Crie páginas nas principais redes sociais para o seu negócio – FacebookLinkedInInstagram e Twitter – e faça postagens regularmente.
  • Disponibilize conteúdo de qualidade para os possíveis clientes através de um blog. Ofereça pequenas amostras do conteúdo do seu curso para instigá-los;
  • Peça um e-mail de cadastro para os visitantes do seu site. Assim, você poderá manter um relacionamento com potenciais alunos;
  • Use o Google Analytics, para conhecer o perfil dos visitantes do seu site e entender melhor quem é o seu público-alvo;
  • Google Search Console avaliará a qualidade do seu site, além de sugerir alterações, para deixá-lo melhor posicionado;
  • Com o Google Adwords você pode montar anúncios do seu curso, para atrair novos clientes. Apesar de a ferramenta ser gratuita, os anúncios são pagos.

Registre sua marca

Agora que sua empresa está devidamente regulamentada, outro cuidado que você pode tomar é o de registrar a marca do seu curso.

Conforme a orientação oficial do site oficial do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI):

Para ter exclusividade sobre o nome de um serviço ou produto, ou ainda um logotipo que o identifique, você precisa registrar uma marca”.

Sendo assim, para evitar que outra organização, porventura, venha a usar o nome dado ao seu curso, o melhor a fazer é registrá-lo.

Aliás, esse é um passo importante de se tomar para saber se você também não está usando um nome que já existe no mercado.

Comece acessando o sistema de busca de marcas para tirar essa dúvida de uma vez por todas.

O site do INPI fornece um passo a passo sobre o registro de marca. Acesse-o para conhecer cada uma das etapas.


Se você ainda está com dúvidas sobre como dar os primeiros passos na criação de cursos online, leia a primeira parte desse artigo – Criar cursos online para iniciantes: 10 passos para começar o seu!