como-ser-tutor-EAD

Como ser tutor EAD? 7 habilidades para desenvolver

Se você gosta de ensinar, interagir e motivar pessoas interessadas em aprender, descobrir como ser tutor EAD pode lhe abrir inúmeras portas. 

De acordo com Censo ABED 2018, o termo “empatia” foi o mais utilizado pelos respondentes como uma das habilidades essenciais para um tutor EAD. Interessante, não? 

Além de empatia, um bom tutor EAD precisa reunir outras habilidades muito importantes. Se você quer saber quais são e como começar a desenvolvê-las, continue lendo este artigo e descubra! 

O importante papel do tutor EAD

Podemos dizer que o tutor EAD tem um papel extremamente estratégico no ciclo de aprendizagem a distância: ele seria um misto de professor e coordenador de curso. 

Por isso, suas atribuições vão além de conduzir o conteúdo. Ele também é responsável por gerir os canais online de comunicação da plataforma EAD, buscando maneiras de motivar os alunos EAD nos diferentes formatos de conteúdo disponibilizados. 

Assim, um bom tutor é capaz de garantir o aproveitamento da turma nos cursos e um processo de aprendizagem fluido e funcional, aberto a melhoria contínua. 

Quer ver, de forma resumida, mais algumas atribuições de um tutor EAD? Acompanhe abaixo: 

  • tornar o ensino efetivo;
  • analisar constantemente a performance da turma; 
  • identificar oportunidades de melhoria no processo de aprendizagem;
  • atender às demandas dos alunos nos canais de comunicação da plataforma de ensino a distância;
  • estar sempre atento às tendências do mercado EAD para dinamizar o conteúdo.

Como ser tutor EAD?

Para desempenhar uma função tão importante como ser tutor EAD, é necessário desenvolver algumas competências pessoais e profissionais. Se esse é o seu objetivo, continue a leitura e descubra como ser um tutor EAD a seguir. 

Formação

Para entender como ser tutor EAD em cursos livres, é importante saber que não há um nível padrão de especialização exigido pela legislação do segmento. Entretanto, em razão do compromisso assumido pelo tutor e pela empresas de cursos online, é fortemente recomendado que o profissional tenha tanta experiência quanto for possível no assunto ensinado. 

Alguns temas específicos, como os cursos de idiomas ou especializações na área de saúde, podem — e devem — exigir de seus tutores certificados de especialização na área e proficiência nas línguas ensinadas. Essa é uma forma de garantir a qualidade e a expertise oferecida no curso. 

O CENSO ABED 2018 mostrou que, entre os cursos regulamentados totalmente à distância, 43,3% dos tutores tem formação como especialistas no assunto abordado. 34,5% tem formação como mestre e 10,9%, como doutor

Quando falamos sobre cursos livres totalmente à distância, as porcentagens são: 

  • 40,3% tem formação como especialista;
  • 15,7% como mestre;
  • 10,8% como doutor. 

Além disso, há, atualmente, algumas especializações estilo pós-graduação que preparam os profissionais para a docência no formato EAD, o que, certamente, configura um diferencial competitivo muito interessante para o profissional. 

Características indispensáveis do tutor EAD

Além do amplo conhecimento sobre a temática abordada no curso, para descobrir como ser tutor EAD é preciso estar ciente de que há, também, algumas características-chave a desenvolver. 

A seguir, você conhece as 7 principais, e o por quê de serem tão importantes. 

1. Comunicação clara

Se retomarmos nossa definição de tutor EAD, dada no início desse artigo, fica mais fácil entender por que ter habilidades de comunicação é tão importante para o profissional. Basicamente, porque ele é o grande responsável por fazer fluir o processo educacional a distância. E a melhor maneira de garantir isso é por meio de uma comunicação clara e efetiva. 

Isso serve para as aulas e tutorias, que precisam ser diretas, concisas e certeiras, e para os canais de apoio, como o fórum de discussão, o chat online e outras ferramentas EAD, como o suporte ao aluno. 

Pensando nisso, nossa dica é a leitura do livro Comunicação não-violenta: técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais, de Marshall Rosenberg. O livro traz dicas incríveis para desenvolver uma comunicação clara e positiva em diversos contextos. 

2. Capacidade de ouvir

Tão importante quanto a habilidade de falar, é a capacidade de ouvir. Como responsável pela gestão do curso EAD, o tutor precisa exercitar sua escuta para absorver as dores e questões dos estudantes e saber como contorná-las da melhor maneira possível.

Nesse sentido, nossa sugestão é que ao final de cada período, o tutor peça que os alunos respondam um formulário avaliando as aulas com feedbacks. Para colocar em prática, você pode usar a ferramenta gratuita Google Forms e enviar para o e-mail dos seus alunos. 

3. Senso crítico

A terceira característica-chave de um bom tutor EAD é o senso crítico. Com ele, será possível acolher as questões dos estudantes e saber o que fazer com elas. O senso crítico permite analisar uma situação sob um ponto de vista sistemático, enxergando o todo e, em seguida, localizando os pontos que precisam de revisão. 

A revista Forbes desenvolveu um guia bastante útil com 6 passos para ajudar a desenvolver o pensamento crítico. Que tal dar uma olhada? 

4. Organização

Nossa quarta dica é essencial para quem trabalha com uma plataforma LMS de ensino a distância. Diferentemente de uma instituição presencial, no ensino a distância a autonomia é palavra de ordem. Por isso, o tutor precisa ser extremamente organizado e capaz de cumprir o cronograma de disponibilização de material, upload de videoaulas, atividades e transmissões ao vivo

Quer uma dica para se organizar melhor? A ferramenta Trello permite que você segmente todo o processo de produção de conteúdo e crie marcadores para orientar o status de cada etapa. 

5. Dinamismo

Um dos grandes desafios da educação a distância é buscar formas de manter o conteúdo atrativo, evitando a evasão de alunos. Por isso, a quinta habilidade da lista é o dinamismo, grande responsável por permitir a criação de conteúdos variados, diferenciados e surpreendentes. 

Para desenvolver o dinamismo como uma habilidade, é preciso exercitar o cérebro, estimulando-o a encontrar saídas criativas para diversas situações. Que tal começar a fazer isso usando aplicativos de celular?

Para isso, nossas dicas são o Lumosity, para treinar o cérebro e a cognição, e o Peak, que permite escolher o objetivo do treinamento: solução de problemas, memória, foco, agilidade mental ou linguagem. 

6. Conhecimentos em gestão de pessoas

Para executar bem as funções de coordenador que também cabem ao tutor EAD, é importante ter algum conhecimento sobre gestão de pessoas. Afinal, presencialmente ou a distância, são as pessoas as grandes responsáveis pela existência do curso online. 

Se você quer adquirir conhecimentos chave em gestão de pessoas, nossa dica é…fazer um curso EAD! Existem inúmeros cursos voltados para o segmento disponíveis, que ensinam sobre o tema de forma ampla e também focada. 

7. Domínio de ferramentas digitais

Por fim, indicamos fortemente que o tutor busque desenvolver o domínio de ferramentas digitais como uma de suas competências. Afinal, em um ambiente online, tais ferramentas serão essenciais para criar e gerir o conteúdo. 

Conheça os melhores editores de vídeo, aplicativos para criar suas aulas e softwares de gravação de tela para produzir conteúdos modernos e diversificados. 

Por onde começar? 

Agora que você já sabe como ser tutor EAD, pode ser que ainda tenha restado uma última dúvida: por onde começar? A resposta é simples: conhecendo o mercado e as ferramentas de trabalho! 

Para entender melhor como anda o mercado de tutoria EAD, sugerimos que faça uma pesquisa em ferramentas de busca para checar as oportunidades disponíveis. 

Por ser um cargo que, em muitos casos, não exige a presença física do profissional em uma sede, é possível fazer aplicações para vagas em muitos lugares do país e até do mundo, dependendo da compatibilidade entre a oportunidade e a especialização. 

Nossa outra dica para entender como se tornar um tutor EAD na prática é se familiarizar com as principais plataformas de ensino a distância disponíveis no mercado, as quais serão grandes aliadas em sua rotina. 

A EAD Plataforma, por exemplo, possui um período de teste grátis de 7 dias. Nossa sugestão é que você explore todas as ferramentas atribuídas ao tutor e já comece a criar cursos por lá! 

Fabio Godoy