Blog EAD Plataforma 28-09-2018 formatos de conteúdo EAD

Quais formatos de conteúdo EAD posso oferecer aos meus alunos?

Os cursos online desafiam os seus produtores todos os dias, principalmente no que diz respeito aos formatos de conteúdo EAD.

Sabemos que a preocupação com a qualidade do conteúdo está sempre em primeiro lugar e não é para menos.

Porém, não podemos desconsiderar a importância da forma como levar as informações até os seus alunos. Afinal, esse fator influencia na efetividade do ensino.

Então, conheça quais são os principais formatos de conteúdo EAD, para avaliar quais fazem mais sentido para o seu curso.

Os formatos de conteúdo EAD mais populares

Reunimos aqui os principais formatos de conteúdo EAD que os professores de cursos online costumam utilizar, sendo eles:

  • Videoaulas;
  • eBooks;
  • Conteúdo em áudio;
  • Apresentações;
  • Infográficos;
  • Transmissões ao vivo.

Nosso objetivo é ajudá-los a entender como cada um deles funcionam.

Desta maneira, você poderá avaliar qual é a mais adequada para o seu curso, levando em consideração as suas necessidades e de seus alunos.

Videoaulas

As videoaulas é o formato de conteúdo EAD mais adotado pelos produtores de cursos online.

Geralmente, é gravada uma série de vídeos, em que cada um deles representa uma aula diferente.

Esse é um método eficaz, pois facilita a explicação de temas complexos, que em outros formatos poderiam não chegar de forma tão clara para o aluno.

Além disso, as videoaulas criam a necessidade do aluno separar um tempo na sua rotina, para se dedicar aos estudos e assistir os conteúdos.

Outro ponto positivo, é que elas geram maior proximidade dos alunos com tutores. Afinal, nos vídeos eles podem ver quem é o seu professor.

eBooks

Já pensou em montar o seu próprio livro, com todo o conteúdo que os seus alunos precisam aprender?

Isso é possível e você não precisa de nenhuma editora para isso. Basta elaborar o seu próprio eBook.

Os e-books são livros virtuais e são mais um dos formatos de conteúdo EAD que podem funcionar no seu curso online.

É possível oferecê-lo logo após os alunos contratarem o seu curso, para que eles estudem de forma autônoma.

Estipule um prazo para que eles possam estudar o conteúdo e em seguida fazer uma prova para obter a certificação do seu curso.

Entretanto, você também pode utilizar os eBooks como um material de apoio ou uma alternativa de conteúdo.

Isso porque alguns alunos podem preferir assistir videoaulas, enquanto outros gostam mais de ler, por exemplo.

Sendo assim, é interessante para eles que as suas aulas estejam disponíveis em mais de um formato.

Conteúdos em áudio

Oferecer materiais em áudio pode ajudar muito a rotina de estudos dos seus alunos.

Na correria do dia a dia, ter a opção de ouvir as aulas ou outros conteúdos, durante o percurso para o trabalho, é uma maneira de aproveitar esse tempo.

Você pode começar convertendo as suas videoaulas em MP3, disponibilizando apenas o áudio para os seus alunos.

Outra alternativa interessante é criar um podcast com o seu conteúdo.

Os podcasts são como um programa de rádio online. Imagine só uma série com os temas do seu curso? Seus alunos, com certeza, iriam adorar.

Apresentações

Um dos formatos de conteúdo online que predomina entre os produtores de cursos online são as apresentações.

Na maioria das videoaulas é comum ver os tutores utilizando-as como apoio. Afinal, esse é um método que apesar de tradicional é bastante eficiente.

Elas também podem ficar a disposição para a consulta dos alunos, sempre que for necessário.

Além disso, para os mais tímidos essa é uma alternativa para gravar videoaulas sem, necessariamente, aparecer.

Combinando as apresentações com as orientações em áudio é possível criar videoaulas bem interessantes.

Infográficos

Os infográficos são uma maneira excelente de apresentar dados e informações úteis para os seus alunos.

Passo a passos, gráficos e resultados de pesquisas são conteúdos que costumam funcionar bem quando apresentados em infográficos.

Por conta de sua apresentação, esse está entre os formatos de conteúdo EAD que tem maior potencial para prender a atenção dos alunos.

Disponibilizando as informações de uma maneira diferente e divertida, esse material pode surpreendê-lo com os seus resultados.

DICA: Utilize o Pinterest para procurar inspirações de infográficos antes de elaborar o seu.

Transmissões ao vivo

Por último, temos ainda as transmissões ao vivo.

Seja em lives abertas em suas redes sociais ou webinars através de ferramentas específicas, essa alternativa pode gerar ainda mais proximidade entre alunos e tutores.

Dos formatos de conteúdos EAD é o que mais funciona para promover bate-papos, lançamentos de novidades ou uma rodada de perguntas e respostas com os seus alunos.

As transmissões ao vivo devem acontecer em um horário previamente estabelecido. O objetivo é permitir que todos os envolvidos possam interagir de maneira simultânea.

Vale lembrar que, para ter sucesso com essa opção, é preciso investir em um forte trabalho de comunicação.

Afinal, é preciso fazer com que seus alunos se lembrem de ficar online na data, horário e canal escolhido.

Por que os formatos de conteúdo EAD importam tanto?

Existem muitas razões para isso. Mas duas delas em especial vão lhe convencer sobre a importância de se preocupar com os formatos de conteúdo EAD.

Em primeiro lugar, nem sempre usar o mesmo formato pode ser eficaz para transmitir diferentes tipos de conteúdo.

Portanto, é preciso descobrir o que funciona melhor para cada curso. E qual é a melhor forma de descobrir isso? Testando diferentes alternativas.

Desta maneira, você poderá comprovar qual é formato que permite aos seus alunos absorverem o seu conteúdo com mais facilidade.

Além disso, seus alunos possuem necessidades e rotinas muito diferentes. Consequentemente, cada um deles consome o seu curso de maneiras distintas.

Você pode ter um aluno que prefiram separar um tempo do seu dia para ler os conteúdos das aulas.

Em contraponto, outros que preferem aproveitar o trajeto para o trabalho e escutarem suas aulas em formato de áudio.

Diversificar a forma como você oferece o seu conteúdo, pode ser um benefício para quem contrata o seu curso. Pense nisso!