Como criar um curso online do zero

Como criar um curso online do zero? Veja 5 dicas e 7 passos!

Empreender em tempos de crise é um grande desafio. Mas também pode ser uma oportunidade. Por isso, preparamos um artigo para abordar como criar um curso online do zero e conquistar sua primeira venda. Principalmente para quem busca a recolocação profissional.

Em 2020, o Brasil bateu o recorde de empreendedores, com 1.151.041 novas empresas. Nessa linha, também é crescente a procura por e-learning. Segundo o Valor Investe, é uma solução ideal para buscar conhecimentos, melhorar habilidades ou driblar o tédio do isolamento social.

No Portal Terra, consta que o “ensino a distância se tornou uma das melhores opções, se não a única, de continuar estudando”. Além disso, a matéria destaca o levantamento do Google, que aponta o crescimento de 130% do EAD na quarentena. 

Então, continue com a gente para saber como criar um curso online do zero. Aliás, isso pode te ajudar a superar esse cenário crítico e ainda propiciar uma imersão na transformação digital

5 dicas infalíveis de como criar um curso online do zero

Selecionamos 5 insights para quem quer descobrir como criar um curso online do zero. Afinal, antes de mais nada, é preciso “preparar o terreno” para captar e fidelizar alunos. Ou seja, criar mecanismos eficientes para transmitir conteúdos de qualidade e, ao mesmo tempo, gerar engajamento.  

1. Defina qual é o seu propósito motivador

Além de estabelecer “o que e como vai ensinar”, é importante refletir: “por que você está lançando um curso online”? Conforme o círculo dourado, as pessoas compram de empresas que têm posicionamentos com que se identificam. Por exemplo, a inclusão social na educação, equidade, diversidade, sustentabilidade etc. 

2. Faça um planejamento

Prepare um plano de negócios considerando as metas e as personas (personagens semi-fictícias que representam seu público). Como exemplo, se você pretende dar aulas de inglês, uma das personas pode ser um jovem de 15 anos, que fará um intercâmbio.

A seguir, é chegado o momento de “atrair” esses prospects, levando em conta o funil de vendas. Por sinal, é uma forma de acompanhar a “fase” em que se encontra um aluno em potencial (lead), do primeiro contato até a matrícula. 

Por falar nisso, preparamos um infográfico para demonstrar como essa jornada acontece no EAD:

3. Pesquise as boas práticas no mercado 

Já ouviu falar em benchmarking? Para resumir, trata-se de buscar inspiração nos exemplos de quem está decolando no ensino a distância. Vale buscar as ações inovadoras de: educação básica e superior, cursos livres, universidades corporativas etc.

4. Pense nos profissionais e recursos necessários

Algumas figuras de destaque são: coordenador de polo, tutor e professor EAD. Há ainda outros profissionais que vão ajudar a viabilizar suas aulas online, como o produtor digital

Em paralelo, considere as tecnologias, mídias e ferramentas que serão utilizadas. Isso inclui: plataforma de ensino, equipamentos para gravar e editar, Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) e afins.  

5. Cuide das finanças para fazer seu curso decolar

Para lançar seu produto digital, um dos desafios é precificar adequadamente. Em outras palavras, para saber como criar um curso online do zero, é necessário ser realista. Sendo assim, coloque no papel todos os custos e a margem de lucro almejada.

Passo a passo: como criar um curso online do zero?

Listamos 7 passos para saber como criar um curso online do zero. E, claro, fazer seu curso bombar! 

1. Contrate uma plataforma de ensino

Escolher um bom LMS (Learning Management System) é vital para otimizar o e-learning. Por exemplo, na EAD Plataforma, você pode hospedar e gerenciar seu curso online, com agilidade e eficácia.   

2. Organize a estrutura do seu curso

Na hora de estruturar o conteúdo, não se esqueça de ponderar sobre:

  • Objetivo do curso;
  • Mensagem a ser transmitida;
  • Formato das aulas;
  • Carga horária;
  • Cronograma de aulas;
  • Profissionais envolvidos;
  • Ferramentas necessárias;
  • Investimento por aluno;
  • Opções de pagamento;
  • Avaliação;
  • Certificação.

3. Escolha quais serão os formatos usados

Temos à disposição inúmeros tipos de conteúdos digitais, entre eles:

4. Prepare conteúdos que gerem engajamento

  • Realize debates durante as transmissões ao vivo;
  • Use atividades lúdicas para dinamizar o aprendizado;
  • Promova a troca de experiências nos fóruns de discussão;
  • Crie canais de comunicação entre alunos, professores e tutores; 
  • Aproveite a interatividade para construir o conhecimento, de forma colaborativa.

5. Invista na divulgação do seu curso online

Para garantir mais eficácia na missão de “como criar um curso online do zero”, vale considerar as ações de marketing digital. Esses são dois exemplos: presença nas redes sociais e automação para estreitar o relacionamento. 

Veja o infográfico que exemplifica as oportunidades propiciadas pelas ferramentas certas. No caso, o software da Lahar pode ser integrado à EAD Plataforma.

6. Acompanhe os indicadores de desempenho

Os indicadores são métricas que te ajudam a acompanhar a performance do curso diante dos objetivos do plano de negócios. Seguem alguns exemplos:

  • Custo de aquisição de clientes: investimento feito em divulgação comparado ao número de novos alunos;
  • Margem bruta (rentabilidade): lucro bruto dividido pela receita líquida x 100;
  • Taxa de evasão: total de alunos que cancelaram as matrículas em relação aos cancelamentos do curso anterior.

7. Aposte na fidelização dos seus alunos

Para finalizar o passo a passo sobre como criar um curso online do zero, vamos à fidelização. Aqui é essencial ter em mente que não basta captar novos alunos, mas sim fidelizá-los. Isto é, manter seus stakeholders devidamente engajados. 

A propósito, eles podem se tornar “multiplicadores” e “embaixadores” da marca, ao indicar seu curso. Essa prova social é um ponto-chave para atrair novas matrículas de amigos, familiares e colegas de trabalho.

Pronto! Agora que você já sabe como montar um curso online do zero, confira os recursos e teste gratuitamente por 7 dias! E mais: não perca outros conteúdos do Blog!

Fabio Godoy