como ganhar dinheiro com aulas online

5 estratégias para ganhar dinheiro com aulas online desde já

Ano após ano, cada vez mais pessoas têm acesso à internet no Brasil. A projeção da Abranet é de que, até 2023, 92% da população esteja conectada — enquanto o número de acessos por dispositivos móveis chegará a 84%. Nesse contexto animador, é natural que surja a pergunta para os produtores de conteúdo: como posso ganhar dinheiro com aulas online?

É isso o que você saberá melhor na matéria de hoje! Se você já produziu um curso online e deseja monetizar o seu negócio a partir de agora, existem várias estratégias e tecnologias espalhadas pela internet que te ajudarão bastante. Você pode começar usando uma delas — e, quem sabe, terminar usando todas juntas!

Por isso, seja muito bem-vindo, fique à vontade e continue a leitura!

Comece a ganhar dinheiro com aulas online: 5 dicas práticas

1. Hospede suas aulas em uma plataforma

O primeiro passo para ganhar dinheiro com aulas online é procurar uma plataforma com recursos práticos para a gestão financeira do seu curso a distância. Assim, você não precisa se preocupar com planilhas e outras ferramentas externas.

Entre as principais funcionalidades interessantes dessas plataformas, estão:

  • pagamentos por cartão ou boleto, com matrícula automática após a confirmação de recebimento do dinheiro;
  • possibilidade de você oferecer parcelamentos e cupons de desconto;
  • envio de cobranças para o e-mail do aluno;
  • assinatura recorrente, com cobranças mensais e renovação automática.

Além dessa facilidade em controlar a parte financeira, uma plataforma de hospedagem cria um site só para você. É possível, então, concentrar todas as aulas em apenas um lugar, personalizar o layout com a sua cara e oferecer uma experiência cada vez melhor para os alunos.

Com isso, eles te ajudarão no marketing boca a boca — o que já é uma boa forma de te trazer retorno financeiro!

2. Experimente o marketing de afiliados

O marketing de afiliados nada mais é que uma rede de parceiros na internet, na qual os envolvidos divulgam os produtos uns dos outros — e recebem comissões a cada ação que se concretiza.

Muito usada por influencers, a estratégia também é muito boa para quem quer dar aula online e ganhar dinheiro, e funciona basicamente assim:

  • você entra numa rede de afiliados (que tenha, por exemplo, outras marcas e produtores de conteúdo);
  • seus parceiros pedem para você compartilhar o link de um produto ou serviço — e você faz o mesmo com eles;
  • quando um usuário clica no link e executa uma ação (compra o produto, preenche um formulário ou apenas interage com a página), você recebe uma porcentagem em dinheiro;
  • o mesmo acontece com os parceiros que divulgarem o link do seu curso: quando uma pessoa acessa o seu site e se cadastra na aula online, o parceiro recebe a comissão.

Interessante, não? Essa é uma ótima estratégia para ganhar dinheiro com aulas online, porque os dois lados se dão bem! 

Plataformas de marketing de afiliados

Para começar a participar de uma rede, você precisa se cadastrar em uma plataforma que faça o gerenciamento dos afiliados. Existem várias, mas as principais são:

  • Associados Amazon: você ganha uma comissão sempre que as compras forem feitas no site da Amazon, que vierem a partir do link que você compartilhar; 
  • Afilio: a plataforma tem contato com marcas de toda a América Latina e mais de 20 anos de atuação;
  • Uol Afiliados: a Uol oferece vários tipos de campanhas para você escolher (entre venda, cadastro, abertura de contas etc.).

Leia também: 7 estratégias de marketing educacional = captar + fidelizar!

3. Torne-se um influencer nas redes sociais

Já que falamos de marketing, não poderíamos deixar de mencionar as redes sociais e seus influenciadores. E você pode se tornar um deles, mesmo que aos poucos.

Ao produzir um conteúdo original e de qualidade (e fazer alguns investimentos em anúncios nas redes sociais), você já vai perceber que sua popularidade vai aumentar — e os seguidores começarão a chegar.

Assim, quanto mais conhecido você se tornar dentro do seu nicho, mais as marcas vão te notar — e podem querer fazer parcerias com você. 

Por exemplo, se você der aulas de música e criar conteúdos bem legais com sua guitarra, uma marca desse instrumento pode achar interessante investir em você. Ela pode te pagar para anunciar os produtos em suas redes sociais e, quem sabe, te enviar brindes e novidades.

Alguns sites, como o Post2B e o Influency.Me, conectam os influenciadores com as marcas que têm interesse em firmar parcerias. Experimente se cadastrar em um deles!

Fazendo collabs com outros influencers

Vídeos colaborativos (as famosas collabs) podem ser mais uma forma bem legal de ganhar dinheiro como professor online. 

Esses são conteúdos feitos por dois ou mais influencers — de canais/marcas diferentes — com o objetivo de aumentar o alcance dos vídeos, e, de quebra, trazer mais autoridade para ambos.

Quer saber mais sobre a collab e conferir dicas para fazer uma? Veja nesse vídeo!

4. Venda espaços publicitários no seu site/blog

Já ouviu falar do Google AdSense? Essa é uma ferramenta muito vantajosa para você ganhar dinheiro com aulas online. Com ela, é possível vender espaços publicitários dentro do seu site (ou blog) para que os anunciantes veiculem uma propaganda lá.

O interessante do Google AdSense é que ele faz uma seleção dos anunciantes que realmente têm a ver com o que você publica no blog, aumentando as chances de um visitante clicar no anúncio. Sempre que há um clique, você ganha dinheiro!

Para começar a aplicar essa estratégia, é bem simples.

  1. Acesse o site do Google AdSense;
  2. Preencha os dados solicitados para a criação da conta;
  3. Adicione a sua conta bancária (na qual o valor será depositado);
  4. Aguarde o código de confirmação, que será enviado pelo Google no seu endereço físico cadastrado;
  5. Integre o Google AdSense ao seu blog. A forma mais fácil é por meio de um plugin, como o Ad Injection.

5. Monetize seus vídeos no YouTube

Apesar de ter se tornado um pouquinho mais difícil receber dinheiro com os vídeos do YouTube, devido às mudanças no programa de parcerias da plataforma (o YPP), ainda vale a pena considerar essa estratégia.

Uma pesquisa da HubSpot mostrou que o YouTube é utilizado por mais de 80% das empresas como ferramenta de marketing. E aqui é possível fazer a integração da rede social com sua conta do Google AdSense — ou seja, os anunciantes também pagarão para aparecer nos seus vídeos, e você ganha por impressões ou cliques. 

Em relação aos requisitos para ser aceito pelo YPP e começar a ganhar dinheiro com aulas online, já publicamos uma matéria que ensina bem certinho — mas, de maneira geral, seu canal no YouTube precisa ter:

  • ao menos mil inscritos;
  • 4 mil horas de transmissão acumuladas nos últimos 12 meses.

Leia também: Como ganhar dinheiro no YouTube? 

E aí, pronto para ganhar dinheiro com aulas online?

Esperamos que esta matéria tenha te ajudado a ver como existem boas estratégias disponíveis na internet, que podem te trazer um bom retorno.

Que tal já aplicar a primeira dica que demos aqui e conhecer a EAD Plataforma? Com a gente, você pode hospedar seus vídeos e aproveitar uma série de benefícios — inclusive para a gestão financeira do seu curso.

Não perca tempo e faça um teste gratuito por 7 dias

Obrigado pela leitura. Até a próxima!

Fabio Godoy