o-que-e-produto-digital

O que é produto digital? 6 exemplos para inspirar o seu negócio

Se você pensa em criar uma empresa de cursos online, sem dúvidas precisa saber o que é produto digital e como criar o seu, aproveitando a maré positiva do segmento no mercado. 

De acordo com a pesquisa Digital Adspend Brasil 2019, a previsão de investimentos no setor digital era de mais de R$20 bilhões, 30% a mais do que o valor investido no ano anterior.

Diante de uma perspectiva tão otimista para produtos criados para a venda e o consumo online, é importante conhecer o conceito e entender de que forma a educação a distância pode se beneficiar dele. 

E é exatamente sobre isso que falaremos no artigo de hoje. Vamos lá? 

O que é produto digital?

Parte da vida de todos que já experimentaram a transformação digital, um produto digital é uma solução informativa, produzida e/ou divulgada por canais online. 

Também conhecidos como infoprodutos, os produtos digitais tem, como objetivo, disseminar informação de forma acessível. Seu objetivo é resolver uma demanda, ganhar conhecimento sobre algum assunto (e aí entram os cursos livres e treinamentos corporativos online, por exemplo), ou aprender a desempenhar alguma tarefa. 

Entendendo o que é produto digital, é possível dimensionar, também, seus benefícios. Alguns deles são: 

  • é um investimento de baixo custo para o empreendedor;
  • ajuda a promover a inclusão social com informações acessíveis; 
  • é algo muito procurado por quem deseja adquirir conhecimento em meio à rotina corrida; 
  • por ter um segmento bastante específico, é uma solução de grande utilidade para quem adquire, o que potencializa as chances de satisfação do cliente;
  • pode ser um negócio digital de grande escalabilidade (podendo ser vendido para outros países).

Produto digital e negócio digital: tem diferença? 

Você deve ter percebido que, no último item da lista sobre as vantagens de saber o que é produto digital, mencionamos a expressão negócio digital

Entender a diferença entre um negócio e um produto digital é importante para direcionar o posicionamento da empresa e entender quais são as possibilidades de trabalho. 

Quer ver só como isso funciona? Então continue a leitura. 

Um negócio digital é uma metodologia de trabalho. Por isso, empresas que apresentam soluções inteiramente online (como os bancos digitais, por exemplo), são chamadas de negócios digitais. 

Após entender o conceito de negócio digital, fica mais fácil compreender a relação entre ele e um produto digital. Ela pode ser uma via de mão dupla. Enquanto um produto digital pode inspirar um negócio digital (como acontece com a Uber, que iniciou com um produto digital — o serviço de transporte por aplicativo — e hoje possui uma carteira de serviços online, o contrário também é possível.

Uma empresa que se desenvolve usando metodologias digitais (como uma escola de cursos livres online), pode agregar produtos digitais à sua cartela conforme for identificando a demanda do público-alvo. 

Para entender melhor sobre como criar um produto digital, assista ao vídeo abaixo: 

Quais são os principais formatos dos produtos digitais?

Agora que já entendemos o que é produto digital e como ele se relaciona com o negócio digital, chegou a hora de vermos, na prática, como funcionam as soluções digitais disponíveis no mercado.

É importante lembrarmos que o segmento digital está em constante crescimento e expansão. Diferentes momentos impulsionam diferentes invenções, ou seja: não se prenda à lista abaixo! Sinta-se livre para investir em novos formatos, desde que eles atendam a uma necessidade do seu público. 

1. Webinar

Você sabe o que é um webinar? O formato, que significa “web-seminar” ou “seminário online”, é uma excelente ferramenta para oferecer conteúdo e captar alunos EAD ou clientes para o seu negócio. 

Por meio do formato webinar, é possível, por exemplo, convidar o tutor EAD de um curso para falar sobre sua expertise no assunto da formação e oferecer pequenas “pistas” do que será abordado no conteúdo. 

Por ser um formato que estimula a criação de reputação e credibilidade (por ter um formato expositivo), é uma excelente estratégia de marketing para vender seu curso online

2. e-book

O e-book é um dos exemplos mais conhecidos por quem busca aprender o que é produto digital. Isso porque ele é uma importante ferramenta de marketing de conteúdo, e ajuda a cativar potenciais clientes, incentivando-os a comprar um produto ou serviço. 

Há, também, casos em que o e-book é o produto. Ele pode trazer receitas, histórias, tutoriais etc. 

3. Podcast

Outro formato que vem ganhando popularidade a cada dia é o podcast. Com uma estrutura que pode ser mais leve, lembrando um programa de rádio, ou mais formal, como uma aula em áudio, o podcast está se tornando o queridinho de quem tem uma rotina corrida, mas não abre mão de absorver novos conhecimentos. 

Não é atoa que, segundo a plataforma Deezer de streaming, o formato cresceu 67% em consumo no ano de 2019! 

4. Aplicativo

Você usa o aplicativo WhatsApp? Pois saiba que, em 2019, ele foi a solução digital em forma de aplicativo mais baixada do mundo, de acordo com a agência de notícias EBC

Aplicativos como ele são exemplos de produtos digitais utilizados em larga escala. Eles são cada vez mais procurados por usuários que valorizam a praticidade de resolver problemas cotidianos em seus dispositivos móveis. 

5. Videoaula

Saber o que é produto digital certamente te permitiu entender que ele pode ser utilizado tanto como uma oferta (com valor financeiro) quanto como um presente para atrair novos consumidores. 

Com a videoaula, funciona assim também. Se você quer levar novos interessados ao seu curso online, pense na possibilidade de disponibilizar uma videoaula como brinde. Isso pode fazer com que os potenciais alunos conheçam a metodologia e a dinâmica de ensino. 

Essa estratégia é muito utilizada por professores de atividades físicas ou nutricionistas que oferecem pacotes de exercícios aliados a uma dieta. A “prova” das atividades faz com que muitos potenciais clientes percebam a efetividade do material e optem por comprar o pacote completo. 

6. Curso online

O último formato de produto digital da nossa lista é o curso online. Representante forte do setor de educação a distância (que só cresce no Brasil), o curso online é um infoproduto muito rentável, que ver por que? 

Porque seu custo de produção é relativamente baixo (já que, para implantar um curso EAD, é preciso reunir poucos recursos. Contratação de uma plataforma EAD, marketing e a criação do curso em si são alguns deles. Apesar disso, seu potencial de venda é altíssimo, podendo ser consumido por alunos de diferentes regiões do país e do mundo. 

Além disso, oferecer cursos online grátis (com estratégia e sabedoria) também pode ser uma ótima ideia para converter vendas. Veja o exemplo abaixo: 

suponhamos que seu produto principal seja o curso de design de sobrancelhas. A ideia é criar um minicurso, que deve ser oferecido antes da oferta do principal, e que dê uma introdução do que será abordado nele. Conhece a expressão “gostinho de quero mais”? Esse é o resultado buscado com a oferta do curso gratuito. 

Entender o que é produto digital ajuda a pensar em estratégias de venda melhor alinhadas a seu propósito.

E por falar em tecnologia…que tal emendar essa leitura em uma outra? Nossa sugestão é conhecer a importâncias das tecnologias para o produtor digital. Que tal? 

Fabio Godoy