O que se espera de um aluno EAD

Do perfil às preocupações: o que se espera de um aluno EAD?

Do ponto de vista de quem está ensinando, o que se espera de um aluno EAD? Neste artigo, vamos falar sobre o perfil daqueles que buscam as soluções interativas do ensino a distância, incluindo suas aspirações, anseios, preocupações e afins.

É importante levar em conta a crescente busca pelo e-learning devido à pandemia do coronavírus, juntamente com as expressivas mudanças de paradigma da sociedade, a exemplo do chamado mundo “VUCA”. Essa sigla em inglês representa: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Por isso, com tantas transformações, todos devemos investir em “aprender a aprender”.

Afinal, o que se espera de um aluno EAD?

Antes de falarmos sobre o que se espera de um aluno EAD, vale considerar a relação entre o conteúdo oferecido e para quem ele é direcionado, observando os quesitos:

  • Acessibilidade: os alunos conseguem acessar a internet via computadores ou por celulares e outros dispositivos? Se for a segunda opção, é importante se adequar ao mobile learning e ao microlearning (para aprendizados de curta duração);
  • Recursos adicionais: além do acesso ao curso, é preciso ter ferramentas adicionais, softwares e outros requisitos para compreender o tema abordado? Se sim, deixe isso bem claro antes da matrícula, para evitar frustrações, ok?
  • Dados socioeconômicos: caso a instituição tenha outras informações além da faixa etária, esse pode ser um ponto vital para promover a inclusão das pessoas em situação de vulnerabilidade social. Ou seja, o contexto econômico-social pode ocasionar condições de fragilidade (renda familiar, grau de escolaridade, saúde etc.);
  • Grau de exigência: é necessário ter uma formação prévia para acompanhar os conteúdos? Existem cursos de especialização para aprimorar conhecimentos adquiridos no Bacharelado. Por outro lado, temos cursos livres, com diferentes objetivos: música, inglês e meditação;
  • Engajamento: os jovens tendem a ser questionadores, ao passo que têm mais acesso às informações. Contudo, a vasta oferta não garante a qualidade dos produtos digitais, o que requer o estímulo à mentalidade crítica e ao diálogo;
  • Preocupações: as “dores” variam conforme as gerações X, Y, Z e baby boomers. Os millennials, por exemplo, valorizam o “aqui e agora”, sem criar raízes firmes ou buscar empregos estáveis. Muitos pretendem se tornar youtubers e nômades digitais, por falar nisso. 
  • Entre outros fatores.

Por sinal, o Professor Lelis Maia fala justamente sobre esse perfil e o que se espera de um aluno EAD!

Nas diferentes modalidades, o que se espera de um aluno EAD?

O conceito de “o que se espera de um aluno EAD” pode variar conforme a identidade e a finalidade do curso. Pensando nisso, vamos falar das principais modalidades de ensino a distância.

Educação básica

As escolas da educação básica (da Educação Infantil ao Ensino Fundamental e Médio) estão se adaptando às novas maneiras de ensinar e aprender. Nesse tocante, o perfil dos alunos corresponde ao público atendido pelas respectivas instituições de ensino (públicas ou privadas). Por conseguinte, a acessibilidade, a flexibilidade e a autonomia são pontos-chave.  

Ensino superior

Seja na Graduação, nas Licenciaturas, nas Especializações ou ainda nos níveis de Mestrado, Doutorado e Livre Docência, muitas faculdades e universidades têm apostado nas inovações e no excelente custo-benefício. 

Assim como no item anterior, os horários flexíveis e o aprendizado autônomo são bastante atrativos para captar e fidelizar alunos. Entre os exemplos, podemos citar: Mackenzie, Senac e Unip

Cursos profissionalizantes

Também conhecidos como cursos técnicos, trata-se de uma modalidade que requer a autorização do Ministério da Educação, uma vez que, ao concluir a formação, os alunos podem atuar profissionalmente.

No caso, o público pode abranger desde os adolescentes que estão no Ensino Médio até os adultos que pretendem dar uma guinada na carreira. Um exemplo seria cursar um técnico de Enfermagem via ensino híbrido, com aulas semipresenciais.

Cursos livres

Em se tratando dos cursos livres, a pergunta: “o que se espera de um aluno EAD?” pode ter inúmeras respostas. O foco é a demanda de quem está buscando uma determinada formação. Esses são alguns exemplos: preparatórios para concursos públicos, escola de estilo, treinamentos empresariais (área trabalhista e previdenciária), edição de imagem e mais.

Universidade corporativa

As universidades corporativas segmentam as atividades de acordo com as metas empresariais. À medida que a equipe comercial deve ser conhecer melhor as funcionalidades de um produto que será lançado, outra formação pode ser voltada para operadores, que precisam  aprender a lidar com máquinas complexas, visando evitar acidentes.

Nesse caso, o desempenho de um funcionário durante a capacitação contínua pode influenciar na continuidade do contrato de trabalho, nas promoções ou mesmo na transferência para outras áreas. Isto é, as trilhas de aprendizagem impactam no desenvolvimento pessoal e profissional.

Aliás, quem tem muito “tempo de casa” costuma ser mais resistente aos novos processos. Alguns têm dificuldade em usar ferramentas tecnológicas, enquanto outros podem estar apegados aos modelos antigos. Em ambos os casos, é preciso criar um ambiente propício para que sejam incluídos nas ações formativas e, assim, aproveitem plenamente os cursos.

Aulas particulares

Em geral, as aulas particulares online são destinadas a reforçar o aprendizado de certas disciplinas, como no caso da Matemática, da Biologia e de outras matérias. E isso não se restringe à fase escolar, uma vez que as pessoas que estão no mercado de trabalho também podem optar por esse reforço na Língua Portuguesa, por exemplo. 

Enfim, gostou das dicas sobre o que se espera de um aluno EAD? Vale lembrar que estamos à disposição para dialogar sobre melhorias nas práticas pedagógicas, oferecendo soluções inovadoras e motivadoras no ensino a distância. 

Sendo assim, te convidamos a conhecer o trabalho desenvolvido pela equipe da EAD Plataforma. E mais: você pode testar as funcionalidades por 7 dias grátis e ainda conferir outros conteúdos no Blog, para inspirar suas ações formativas!

Fabio Godoy