Blog EAD Plataforma 05-04-2019 mobile learning

Mobile learning é o futuro da EAD. Entenda o porquê!

Ninguém mais consegue viver longe do seu smartphone hoje em dia. Então, você já começou a adaptar o seu conteúdo EAD para o mobile learning?

Já não dá mais para desenvolver conteúdos apenas para as telas de desktops. Os seus alunos não esperam mais somente isso! Eles precisam de ferramentas que caibam na palma da sua mão.

É, justamente, por essa razão que achamos essencial discutirmos o mobile learning com você. Então, preste atenção nesse artigo, para se manter atualizado e não ficar para trás da concorrência.

O que queremos dizer quando falamos em mobile learning?

Fica bem claro que quando falamos em mobile learning nos referimos ao processo de aprendizagem que envolve dispositivos móveis, como smartphones, tablets e leitores digitais (como o Kindle, da Amazon).

A razão para esse fenômeno é muito simples de explicar…

Se alguém lhe pedir agora para realizar um pesquisa no Google, o mais provável é que em instantes você já esteja com o seu celular na mão, digitando o termo em proposto.

Afinal, nem você e nem eu, diga-se de passagem, esperaríamos até nos conectar à um notebook ou desktop para fazer essa pesquisa, quando o celular já está ali, bem ao nosso lado, quase como um órgão vital.

Os dispositivos móveis tornaram-se a principal forma das pessoas acessarem a internet há muito tempo. No Brasil, por exemplo, estamos falando de mais de 90% das conexões realizadas.

Sendo assim, não há mais escapatória. Se já fazemos tudo através do celular, como pagar contas, pedir um motorista e até as compras de mercado, por que também não vamos estudar?

Portanto, pense na facilidade que é para os alunos ter conteúdos adaptados para os seus celulares. Isso quer dizer que eles podem aprender onde e quando bem entenderem.

E não importa se o método de ensino é a distância, presencial ou híbrido. Todos eles podem se beneficiar com o mobile learning.

Em um mundo onde as pessoas buscam cada vez mais flexibilidade, para conseguir cumprir todas as tarefas da sua rotina, esse formato se faz necessário.

Mobile learning na prática e sem enrolação

Utilizar o mobile learning nos seus cursos online não se resume a apenas ter um portal responsivo. Aliás, isso é o mínimo que você pode fazer.

Esse formato fala sobre a inclusão dos recursos móveis no processo de ensino dos alunos. Ou seja, adaptar os conteúdos para serem consumidos nessas telas.

Para isso, você pode trabalhar os tipos de conteúdos EAD mais usuais, como videoaulas, e-books, apresentações e infográficos.

Mas não se prenda somente a eles. É importante que você se desafie a encontrar novas maneiras, mais inovadoras de apresentar o seu material.

Caso você tenha a possibilidade, desenvolver um aplicativo exclusivo para o seu curso, por exemplo, pode ser uma excelente opção.

Aliás, desta forma, você ainda estará criando um canal exclusivo para você e seus alunos. Todos saem ganhando.

Há também as videoaulas ao vivo, que podem ser assistidas diretamente pelo smartphone e são ótimas para estreitar os laços com os estudantes.

Você ainda pode surfar na onda dos podcasts? Transforme o seu material em audioaulas, e disponibilize as faixas para os alunos.

Por fim, que tal transformar o seu material em um game, adicionando um quê de diversão ao seu EAD?

Um maneira de fazer isso, pode ser através de testes e quizzes, que auxiliam no assimilação do conteúdo no decorrer do curso.

Eles ajudam a envolver os seus alunos com o tema trabalhado, fazendo com que eles fiquem mais motivados com a sua evolução.

Essas são apenas algumas ideias e possibilidades, que podem ajudá-lo a começar a adaptar o seu curso online para mobile.

Vale ressaltar que sua plataforma EAD tem um papel importante neste processo. Portanto, busque uma opção que disponibilize as ferramentas necessárias para implementar essas sugestões.

Falando nisso, aproveite conferir o site da EAD Plataforma e solicitar um contato da nossa equipe.

O que podemos esperar do futuro do mobile learning?

De acordo com a evolução das tecnologias, o mobile learning deve fazer uso de recursos cada vez mais sofisticados.

Não é difícil imaginar, daqui algum tempo, os tutores produzindo videoaulas adaptadas para realidade virtual.

Além disso, há também a possibilidade de combinar a educação a distância com a inteligência artificial. Tecnologia essa que nunca esteve tão em alta.

Dentro de alguns anos, os alunos EAD estarão aprendendo através de chatbots programados para a interagir com humanos.

A cada novo contato, esses sistemas aprimoram os seus conhecimentos, tornando o processo de ensino cada vez mais rico.

Contando com a ajuda destes bots, os tutores conseguiram melhorar a produção de conteúdo para os seus alunos.

O mobile learning segue como uma forte tendência para a educação. Afinal, tudo o que falamos aqui já não está mais distante da nossa realidade.

Conclusão

Deu para perceber que já não dá mais para ficar preso no desktop. O mundo é dos dispositivos móveis, então o seu curso também precisa ser.

O mobile learning é um passo em direção ao crescimento e ao futuro do seu curso EAD. Você precisa dedicar a sua atenção a esse formato.

Adaptando o seu conteúdo para essa nova realidade, você começará a perceber os benefícios no seu negócio, tais como:

  • Aumento do engajamento dos alunos;
  • Vantagem competitiva contra a concorrência;
  • Aumento do alcance do seu material;
  • Retorno rápido do investimento;
  • Inovação no seu negócio EAD;
  • Estreitará o seu relacionamento com os alunos.

Enfim, eu tenho o palpite de que você deve ter lido este texto no seu celular. Isso porque mais de 60% dos artigos do nosso blog são consumidos via smartphones.

Ou seja, você acaba de absorver um conteúdo e aprender conosco através de um dispositivo móvel. Olha só o mobile learning acontecendo!

via GIPHY