como-fazer-video-aula-youtube

Como fazer vídeo aula para YouTube? TUDO o que você precisa saber!

Se você chegou até aqui, provavelmente está querendo saber como fazer vídeo aula para YouTube, certo? Então você já deve saber que a plataforma é uma das principais fontes de conteúdo educacional no Brasil, sendo a preferida de 9 entre 10 estudantes que buscam formas de revisar matérias escolares e pré-vestibulares, não é mesmo? 

Não? Então se prepare, porque tem mais alguns dados impressionantes sobre o YouTube logo abaixo: 

  • de acordo com o diretório de pesquisas Think With Google, a categoria de tutoriais cresce cerca de 70% a cada ano em volume de buscas no YouTube; 
  • o número de usuários do canal de vídeos no Brasil já ultrapassou os 130 milhões
  • segundo o próprio YouTube, 60% dos usuários assiste a um conteúdo por conta do conteúdo em si, e não da qualidade da produção.

Se você quer saber como aproveitar a popularidade da rede e entender como fazer vídeo aula para YouTube, você está no lugar certo! Continue a leitura e descubra tudo isso e muito mais!  

Como fazer vídeo aula para YouTube? 

Para entender como fazer vídeo aula para YouTube, é preciso entender que o processo é compartimentado em três principais etapas: a pré-produção, a gravação e a pós-produção

Se você gosta de cinema ou já estudou um pouco sobre audiovisual, sabe que cada uma dessas etapas tem sua importância no resultado final, e, por isso, cada uma delas deve ser levada em consideração. 

Mas eu preciso pensar dessa forma mesmo ao fazer uma gravação simples, como uma videoaula? A resposta é sim!

 Na verdade, separar o processo em etapas vai te ajudar a alcançar um resultado mais redondo, seja em termos técnicos ou em termos de produção de conteúdo

Preparado para mergulhar nos processos de como fazer vídeo aula para YouTube? Então siga para o próximo tópico! 

Entendendo o YouTube

Antes de começarmos a falar de como fazer vídeo aula para YouTube em 3 etapas, é importante termos em mente algumas características essenciais do próprio YouTube. Conhecer esses dados vai ajudar a pensar em um conteúdo mais anatômico e adequado às particularidades da rede. Vamos lá? 

  • 70% dos usuários do YouTube consome conteúdo em plataformas móveis (celulares, tablets, notebooks etc);
  • 95% dos internautas brasileiros utilizam a plataforma;
  • o tempo médio do brasileiro no YouTube diariamente é de 12 minutos

Com base nas três estatísticas acima, podemos concluir que: é preciso investir em um conteúdo no estilo mobile learning, com videoaulas e conteúdos enxutos. Assim, as chances de motivar os alunos EAD a consumirem o conteúdo são maiores. 

Agora sim, estamos prontos para a parte prática de como fazer vídeo aula para YouTube. Vamos lá? 

Vídeo aula em 3 etapas

Etapa 1: Pré-produção

A etapa de pré-produção envolve toda a base necessária para que a gravação da videoaula funcione. Alguns dos elementos presentes nessa base são: 

1. Roteiro

É essencial decidir, de antemão, o que será abordado na gravação. O objetivo do roteiro é guiar o tutor EAD pela gravação, portanto, pode ser extenso, com indicações de falas, deixas e até piadas, ou enxuto, trazendo apenas os bullet points de cada conteúdo. Outra vantagem essencial do roteiro é a possibilidade de estimar o tempo de duração da vídeo aula e adaptá-la conforme a necessidade.

2. Cenário

Outro item essencial na etapa de pré-produção é a definição do cenário. Leve a equipe de gravação até o local com antecedência e faça testes de luz, áudio e localização dos objetos em cena. Caso a produção seja caseira e não tenha uma equipe, teste mesmo assim! Isso possibilitará ajustes e melhorias que poderão impactar significativamente no resultado alcançado. 

3. Equipamentos

Antes de partir para a etapa de gravação, confira se dispõe de todos os equipamentos necessários para produzir o conteúdo e faça testes com todos eles em ação. Na lista de equipamentos de uma boa vídeo aula para YouTube, devem constar: 

  • câmeras;
  • equipamentos de iluminação (como spots);
  • microfones; 
  • itens de cenário.

4. Equipe

Elencar o time de apoio também faz parte da pré-produção de uma vídeo aula para YouTube. Mesmo que você não disponha de recursos para contratar um time com diversos profissionais, ter um suporte durante as gravações será essencial. Por isso, elenque essa (ou essas) pessoa, marque uma reunião para contextualizá-la e, se possível, leve-a ao local de gravação, para que se familiarize com as condições disponíveis. 

5. Cronograma

A última, mas não menos importante, etapa da pré-produção de como fazer uma vídeo aula para YouTube é a criação do cronograma. Ele deverá conter todas as datas de gravação, reuniões, prazos e metas para a conclusão do processo. 

E, pode acreditar: ainda que você vá produzir seu conteúdo por conta própria, ter um cronograma de ações certamente te ajudará a guiar sua elaboração de conteúdo EAD com mais segurança e assertividade. 

Etapa 2: Gravação 

Feita a etapa inicial, é hora de ação! Conforme o cronograma criado anteriormente, organize-se para a gravação. 

O sucesso dessa parte do processo depende intimamente da etapa anterior: quanto melhor for a produção, menos estressante será a gravação! 

Algumas dicas podem ajudar a tornar a gravação mais fluida, como: 

  • fazer recortes no assunto abordado, falando mais detalhadamente de áreas nas quais você tem expertise; 
  • usar materiais de apoio (como animações, gráficos e outros tipos de conteúdo digital) que podem ser inseridos no vídeo durante a edição; 
  • tente abordar o conteúdo da forma mais natural possível. Humanização é a chave! 
  • permita-se criar um ambiente amigável e leve quando possível;
  • conduza o conteúdo segundo uma cronologia, dando indicações aos alunos sobre conteúdos complementares e outros possíveis caminhos a seguir após o módulo. 

Etapa 3: Finalização

A etapa final do processo de como fazer vídeo aula para YouTube é dedicada à formatação do material. Nesse momento, o material ganha forma e se torna, propriamente, um conteúdo educacional. 

A finalização ou edição é composta por:

  • decupagem (sinalização e recorte dos momentos mais importantes do vídeo e descarte de erros de gravação ou cenas irrelevantes);
  • montagem (elaboração de uma sequência lógica de cenas, dando “corpo” à vídeo aula;
  • colorização (ajuste de cor);
  • sonorização (ajuste de som);
  • trilha sonora (atenção: use músicas sem direitos autorais!);
  • efeitos especiais, logos e legendas. 

Abaixo, você confere alguns exemplos de vídeo aulas para YouTube para inspirar: 

Aula de canto

Aula de violão

Aula de yoga

Entender como fazer vídeo aula para YouTube pode abrir muitas portas para a criação de conteúdos mais modernos, dinâmicos e humanizados. E, em um cenário tão concorrido quanto o mercado EAD, entender como motivar alunos pode ser a chave para driblar a concorrência!

Fabio Godoy