exemplos-tecnologia-educacao

5 exemplos de tecnologia na educação: inspire-se e coloque em prática!

Conhecer alguns exemplos de tecnologia na educação pode te ajudar a abrir a mente para o que vem por aí. Nos próximos anos, a tendência é de que, cada vez mais, instituições de ensino e empresas incorporem recursos digitais e tecnológicos a seus processos de aprendizagem, treinamento e desenvolvimento. 

Para você ter uma ideia, esta pesquisa mostra que, para 91% dos especialistas em aprendizado corporativo entrevistados, a tecnologia ajuda a gerar respostas mais rápidas às mudanças no desenvolvimento das organizações.

Isso também se aplica nas instituições de ensino, na medida em que a tecnologia possibilita o estímulo à autonomia e ao desenvolvimento dos sentidos de responsabilidade e prioridade.

Ao longo deste artigo, daremos 5 exemplos de tecnologia na educação. Conheça cada um deles, inspire-se e coloque já em prática: 

  1. Realidade virtual e aumentada
  2. Gamificação
  3. Aplicativos
  4. Chatbots como ferramentas de interação
  5. Microlearning e mobile learning

O papel da tecnologia na educação 

Aumentar o engajamento e a motivação dos alunos EAD, oferecer novas ferramentas de aprendizagem, estimular a noção de responsabilidade e o pensamento crítico. Estas são apenas alguns dos aspectos que reforçam o papel da tecnologia na educação. 

Além disso, a tecnologia também pode atuar como protagonista ao auxiliar a EAD na: 

  1. oferta de diversos tipos de conteúdos digitais, dinamizando o aprendizado; 
  2. integração da oferta educacional com os hábitos e costumes da população (nativa digital ou fortemente familiarizada com os dispositivos tecnológicos); 
  3. inserção de elementos interativos e inovadores no processo de aprendizagem;
  4. uso das redes sociais como aliadas no ensino;
  5. mapeamento e criação de campanhas de captação de alunos EAD mais assertivas e compatíveis com as expectativas do cliente. 

A seguir, vamos mostrar 5 exemplos de tecnologia na educação. Você vai entender como empresas e instituições de ensino vêm incorporando as soluções na rotina e encontrando resultados surpreendentes! 

Exemplos de tecnologia na educação 

Separamos 5 exemplos de tecnologia na educação para te inspirar e surpreender. Confira! 

1. Realidade virtual e aumentada

Você sabia que, de acordo com este levantamento, 97% dos alunos afirmam que gostaria de estudar com o apoio da realidade virtual ou realidade aumentada? E se dissermos que, diante deste número, as empresas já se atentaram ao valor deste exemplo de tecnologia na educação?

A mesma pesquisa aponta que a tendência é que a indústria de realidade virtual e aumentada movimente cerca de US$700 milhões em 2025! 

A verdade é que, com a ajuda dos recursos de realidade virtual e aumentada, escolas, instituições de ensino e empresas assumem um novo patamar no processo educacional. Mais realista, próximo e vivencial, o ensino supera a teoria, se mesclando fortemente com a noção prática. 

Veja no vídeo abaixo como algumas escolas já usam a realidade virtual em sua rotina.

2.Gamificação

A gamificação é outro recurso que conversa de perto com as novas tendências em educação. Trata-se da transformação do processo educacional em uma espécie de “jogo” ou “jornada” que, utilizando elementos de competição saudável, acúmulo de pontos, cumprimento de desafios e missões, ajuda a transformar o ensino em um processo mais fluido e natural. 

Não à toa, o mercado de gamificação educacional de 2020 está estimado em US$ 1,5 bilhão — e a tendência para os próximos anos é de crescimento! 

Atualmente, existem empresas especializadas em transformar demandas corporativas e educacionais em alternativas gamificadas.

Veja, no vídeo abaixo, como a gamificação auxilia no aprendizado: 

3. Aplicativos

Os aplicativos não poderiam ficar de fora da lista de exemplos de tecnologia na educação. Na verdade, em muitos casos, eles estão associados ao item anterior, por exemplo. É bastante comum encontrarmos plataformas gamificadas em formato de aplicativos, exatamente por serem móveis e de fácil acesso a qualquer hora e lugar. 

Porém, os aplicativos também são alternativas complementares às tradicionais plataformas e-learning. Eles podem abrigar conteúdos complementares, bibliotecas virtuais ou mesmo um módulo completo de ensino. 

4.Chatbots como ferramentas de interação

Você, no papel de consumidor de serviços e produtos digitais, certamente já teve a oportunidade de conversar com um chatbot, não é? Trata-se de uma solução automatizada de atendimento. 

Em essência, são robôs capazes de responder a estímulos (aprendendo e evoluindo com suas experiências — o chamado machine learning) pré-programados. Na prática, eles operam respondendo a questionamentos simples, auxiliando em processos de venda e, por que não, tornando o processo educacional mais fluido. 

Na educação, os chatbots podem funcionar como assistentes do tutor EAD, disponíveis 24 horas, 7 dias por semana e aptos a responderem a questões básicas sobre tarefas, prazos e datas de entrega. 

Aliás, as palavras chatbot e educação nos lembram uma história curiosa: a do professor Ashok Goel, que, em 2015, criou um chatbot chamado de Jill Watson para responder às questões básicas dos alunos. Sem saberem que se tratava de um robô, os alunos interagiram com Jill Watson por semanas, até que o professor os contou a verdadeira história por trás da assistente. 

Conheça um pouco mais sobre o caso nesta palestra de Goel para o Tedx (ative as legendas automáticas em português clicando na engrenagem, no canto inferior esquerdo da tela!)

5. Microlearning e mobile learning

Nossos últimos exemplos de tecnologia na educação já estão presentes na vida de muitos alunos. Os recursos de microlearning e mobile learning foram desenvolvidos como uma alternativa ao conteúdo EAD tradicional, disponibilizado exclusivamente em plataformas de ensino.

Ambas as estratégias têm, como ponto de partida, o novo comportamento do consumidor de informação, que busca conteúdo ágil e objetivo. Indo direto ao ponto! 

Com o microlearning, longos capítulos e módulos de aprendizado foram divididos em pequenas pílulas, com durações de até 5 minutos (de leitura ou visualização). 

Já no mobile learning, todo o conteúdo foi repensado e condensado em um formato mobile. Perfeito para ser lido no ônibus ou metrô, a caminho do trabalho ou em pequenos intervalos, como almoço ou lanche.  

Integre todos os exemplos de tecnologia na educação com uma boa plataforma de ensino

Apesar de representarem recursos inovadores e com potencial transformador, nenhum dos exemplos de tecnologia na educação substitui a plataforma EAD como principal recurso canalizador da educação a distância. 

Isso porque a plataforma é a representação da sala de aula no ambiente virtual. Por isso, representa, para alunos e professores, um espaço de convergência de conteúdos e ferramentas de interação e gestão do aprendizado. 

Entretanto, é possível encontrar, no mercado, soluções que facilitem a integração do conteúdo disponibilizado ali com outras ferramentas tecnológicas de apoio. 

É o caso da EAD Plataforma, nossa completa solução de ensino. Ultrapassando a marca dos 3 milhões de usuários, a EAD Plataforma se consolida, cada vez mais, como uma ferramenta com altíssimos índices de satisfação e uma interface perfeita para viabilizar as novas tendências de ensino.

Quer conhecer tudo isso sem pagar nada? Então preencha o formulário e faça um teste de 7 dias na EAD Plataforma!

Fabio Godoy