Facebook Ads ou Google Ads? Vantagens e desvantagens de anunciar em cada plataforma

É um empreendedor digital em busca de dicas para investir de forma certeira em anúncios na internet? Então você realmente precisa saber escolher entre Facebook Ads ou Google Ads. 

A verdade é que ambas as estratégias têm alto poder de impacto em seus públicos — basta saber direcioná-las de forma correta. Enquanto o Facebook Ads tem uma audiência potencial de anúncios superior a 2,14 bilhões de usuários, o Google Ads não fica muito atrás. De acordo com pesquisas, o Google Ads sozinho alcança uma rede de mais de 2 milhões de sites e aplicativos.

Diante de dados como esses, você deve estar se perguntando: preciso mesmo escolher entre Facebook Ads ou Google Ads? Será possível combinar os dois para obter resultados ainda melhores?

É o que você vai descobrir ao longo deste artigo. 

O que é Facebook Ads?

Facebook Ads é a ferramenta de mídia paga vinculada ao Facebook. Na plataforma, o usuário é capaz de criar anúncios em diferentes formatos para diferentes tipos de público. 

A plataforma também permite a segmentação do público-alvo, direcionando o alcance do anúncio para o perfil de cliente que mais se encaixe no negócio. 

Suponhamos que sua empresa venda um e-book como produto digital. Ao programar seu anúncio no Facebook Ads, será possível delimitar:

  • idade;
  • localização geográfica.
  • interesses;
  • gênero;
  • profissão;
  • etc

E garantir, assim, que o público impactado pelo anúncio tenha potencial interesse no produto oferecido. 

Aqui, você confere todos os tipos de anúncios permitidos na plataforma Facebook Ads. 

Vantagens de anunciar no Facebook Ads

Lembra da estatística utilizada por nós no início deste artigo? Podemos dizer, sem receio, que uma das maiores qualidades da plataforma Facebook Ads é seu potencial alcance de mais de 2 bilhões de usuários. E este é, sem dúvidas, um argumento forte para quem precisa escolher entre Facebook Ads ou Google Ads. 

E não é só isso! Além de oferecer um catálogo de usuários inimaginável, o Facebook Ads oferece outros benefícios a seus usuários. Veja alguns deles a seguir.

1 – Mais alcance para o conteúdo

A batalha contra o “algoritmo” do Facebook é conhecida por praticamente todos os produtores de conteúdo digital. Afinal, é ele quem define a quem o material produzido será entregue, especialmente de forma orgânica (sem o impulsionamento financeiro).

Com o uso do Facebook Ads, o alcance das publicações é potencializado. Isso porque o processo de impulsionamento permite a segmentação do público desejado, o que auxilia o Facebook na definição do alcance de cada conteúdo. 

2 – Diferentes opções de formatos de conteúdo

Investir em diferentes tipos de conteúdos digitais é uma estratégia efetiva para qualquer segmento de negócio. Isso porque o comportamento do consumidor atual demanda dinamismo e inovação por parte dos empreendedores. 

Com o Facebook Ads, sua empresa pode escolher entre veicular anúncios nos formatos: 

  • imagem;
  • vídeo;
  • carrossel;
  • experiência instantânea;
  • coleção. 

3 – Alta segmentação de público

O trunfo da segmentação de público é um dos pontos altos que favorecem a escolha entre Facebook Ads e Google Ads. Na primeira opção, é possível determinar, com alto nível de detalhamento, qual o público-alvo de cada anúncio veiculado. 

Dessa forma, empresas que estudam o comportamento de seus consumidores e que conhecem as buyer personas do negócio tendem a ter sucesso na estratégia. 

4 – Disponibilidade de dados para análise

Por fim, não podemos deixar de mencionar a disponibilidade de dados para análise. Utilizar a inteligência de dados a partir de relatórios é uma das maiores vantagens competitivas de um empreendimento digital

Isso porque estes dados podem dar uma dimensão completa sobre o desempenho das ações digitais, bem como sobre o comportamento do consumidor diante daquele estímulo. A partir daí, a empresa pode otimizar sua estratégia ou mesmo direcioná-la em busca de resultados mais efetivos. 

No Facebook Ads, os relatórios ficam disponíveis no Gerenciador de Negócios da plataforma. 

Desvantagens da ferramenta

Antes de bater o martelo e decidir entre Facebook Ads e Google Ads, é preciso conhecer os dois lados de cada ferramenta. Afinal, nem tudo são flores no mundo dos anúncios digitais. A seguir, pontuamos alguns dos desafios enfrentados por empresas que apostam no Facebook como ferramenta principal para veicular suas publicidades: 

  1. Alto custo de manutenção (com o passar do tempo, os custos para anunciar tendem a aumentar. Isso acontece em razão do crescimento da demanda de empresas querendo anunciar na plataforma);
  2. Dependência do patrocínio para alcançar tráfego (empresas que começam a investir no Facebook Ads precisam tornar a estratégia permanente. Ao interromper bruscamente a rotina de anúncios, é comum que as marcas vejam quedas abruptas em seu engajamento e tráfego na plataforma). 

O que é Google Ads? 

Agora que você já conhece o primeiro integrante da batalha entre Facebook Ads ou Google Ads, é hora de partirmos para o segundo oponente. 

O Google Ads (novo nome para a antiga plataforma Google Adwords) é o sistema de anúncios pagos do buscador Google. 

Assim como o Facebook Ads, o Google Ads permite criar anúncios de diferentes formatos, adaptando-os ao perfil do público-alvo da empresa. É possível, por exemplo, veicular campanhas na página de pesquisas, em formato Display, no YouTube, Gmail e na Play Store. 

Leia mais sobre os diferentes caminhos para anunciar no Google Ads

Vantagens de anunciar no Google Ads

Ainda em dúvida entre Facebook Ads ou Google Ads? Que tal conferir as principais vantagens da segunda ferramenta para escolher com assertividade? 

1- Possibilidade de otimização de campanhas veiculadas 

Um dos grandes diferenciais do Google Ads é a possibilidade de otimizar campanhas que já estejam no ar. Isso significa que, na medida em que perceber falhas no direcionamento ou engajamento da publicidade, você pode pausar e ajustar a campanha conforme a demanda. 

Dessa forma, sua empresa evita o gasto desnecessário de verba em uma campanha mal direcionada. 

2 – Análise de resultados

Assim como o Facebook Ads, o Google Ads oferece uma completa plataforma para análise de resultados: o Google Analytics. Ela possibilita o acompanhamento dos resultados da campanha sob diversos aspectos: cliques, visitas ao site, conversão etc.

Veja alguns relatórios fundamentais do Google Analytics para acompanhar os resultados da empresa: 

3 – Usabilidade da plataforma

A interface da plataforma Google Ads é bastante simples e intuitiva. Isso faz com que não seja necessário ter equipes altamente especializadas para operar e testar as funcionalidades disponíveis. 

Desvantagens do Google Ads

Veja a seguir os pontos a considerar antes de escolher entre Facebook Ads ou Google Ads: 

  • Necessidade de conhecer com precisão os desejos do cliente: para anunciar no Google Ads, é preciso saber com precisão as palavras-chave buscadas pelos potenciais clientes. Do contrário, será difícil alcançar consumidores com verdadeiro potencial de compra;
  • Investimento financeiro aumenta conforme a popularidade do termo divulgado: no Google Ads, quanto mais buscada for a palavra-chave anunciada pela empresa, maior é o investimento publicitário necessário para posicionar um negócio entre os primeiros nas pesquisas. Dessa forma, a máxima “vou começar investindo pouco para ver como vai ser” nem sempre funcionará. 

Facebook Ads ou Google Ads: qual é melhor? 

Ao chegar ao fim deste artigo, você já deve imaginar nossa resposta à pergunta “Facebook Ads ou Google Ads?”, não é mesmo? Pois bem, a resposta é: depende! Se possível, utilize as duas! 

O fato é que a decisão sobre a melhor plataforma para anunciar deve ser feita com base na análise do perfil e das características da empresa. 

Se o público está concentrado no Facebook e se todo o retorno financeiro da empresa vem da plataforma, a escolha fica mais simples. Entretanto, é bem difícil afirmarmos que 100% dos clientes de um negócio recorrem diretamente ao Facebook para comprar, sem sequer passar pelo buscador do Google antes, não é mesmo? 

Lembre-se de que, tão importante quanto escolher entre Facebook Ads ou Google Ads, é desenvolver uma estratégia robusta de marketing digital para o seu negócio. Quer algumas dicas para entrar com o pé direito no mercado? 

Veja nossa lista de leituras sobre o tema: 

Dicas de marketing digital para empreendedores;

Técnicas de copywriting para vender mais;

Indicadores de marketing digital essenciais.

Fabio Godoy