o-que-falar-abertura-treinamento

O que falar na abertura de um treinamento? 6 hacks para chamar a atenção dos alunos e não errar!

O que falar na abertura de um treinamento? É melhor se ater a uma apresentação técnica? É possível combinar humor e credibilidade para cativar os alunos? Se estas dúvidas já passaram pela sua cabeça, este artigo foi feito para você!

Investir em treinamentos para funcionários é um caminho certeiro para trabalhar com mais produtividade, motivação e engajamento. Prova disso é esta pesquisa, que mostra que 94% dos colaboradores permaneceriam mais tempo em empresas que investissem em seu desenvolvimento. 

Continue a leitura para descobrir 6 dicas quentes sobre o que falar na abertura de um treinamento para engajar e cativar mais seus espectadores! 

O que falar na abertura de um treinamento? 2 opções indispensáveis + 4 dicas extras para escolher

A seguir, preparamos 6 hacks para te ajudar a entender o que falar na abertura de um treinamento, engajando o público e captando sua atenção já nos primeiros minutos de formação. 

Acompanhe! 

1. Apresente-se de forma rápida e objetiva

O primeiro passo para entender o que falar na abertura de um treinamento é pensar: o que meu público-alvo precisa saber sobre mim? Este é o caminho inicial para a criação de vínculos entre um tutor EAD e seus alunos, um palestrante e seus espectadores ou mesmo de um YouTuber e seus inscritos. 

Por isso, avalie quais informações sobre você são efetivas para: 

  • aproximar seu público;
  • desmistificar suas habilidades;
  • transmitir credibilidade sobre o assunto tratado.

Mas, atenção! Lembre-se de guardar detalhes sobre sua formação e especialização para outros canais (como as redes sociais e páginas de apresentação de sites). Em uma palestra, o importante é contar,de forma resumida e objetiva, como você pode contribuir para incrementar a bagagem do público que ali está. 

2. Faça com que o público entenda o motivo do treinamento

Em segundo lugar, complemente sua apresentação pessoal com informações que levem o público a compreender por que aquele treinamento está acontecendo. 

Se você estiver ministrando um treinamento empresarial, por exemplo, reforce o motivo pelo qual o time está reunido. Além disso, faça um rápido resumo sobre os tópicos abordados. Este é um caminho eficaz para quebrar a resistência inicial com as formações e garantir que todos os alunos compreendam os objetivos do treinamento e se engajem com a oportunidade de aprender mais. 

Nossas primeiras duas dicas mostraram o que falar na abertura de um treinamento para aproximar o palestrante/tutor dos alunos e dar início à criação de um vínculo pautado na credibilidade e na transparência. Por isso, a ideia é que elas sempre façam parte das introduções dos treinamentos ministrados. 

A partir de agora, falaremos sobre 4 caminhos complementares, que podem ou não ser utilizados na abertura de um treinamento. É importante conhecer o perfil do público e o estilo de apresentação para julgar, com assertividade, a melhor estratégia para abordar.

3. Quebre o gelo contando piadas ou casos engraçados

Uma boa forma de quebrar o gelo comum aos primeiros momentos de um treinamento é inserir uma dose de humor na apresentação. 

Isso pode acontecer por meio de uma piada, contextualizada no tema da formação ou mesmo sobre algum assunto em voga no momento. 

Além disso, o próprio mentor, tutor ou palestrante pode abrir sua fala com uma história curiosa ou inusitada. Explorar o senso de humor, de forma geral, é uma maneira efetiva de despertar o interesse dos espectadores e quebrar a barreira da suposta hierarquia entre um palestrante e seu público. 

veja, no vídeo abaixo, um vídeo de abertura de palestra com a ajuda do recurso do senso de humor: 

4. Conte uma história envolvente

Quer tornar o conteúdo do seu treinamento humanizado e impactante? Então é hora de conhecer o storytelling como recurso narrativo.

Storytelling é a arte de contar histórias. Estas histórias podem ser reais ou construídas. Mas o mais importante é que estejam conectadas ao propósito do treinamento, conduzindo o espectador ao longo de uma jornada de obstáculos, superações, questionamentos e conquistas. 

Pesquisas apontam que mensagens entregues em formato de histórias tendem a ser até 22 vezes mais memoráveis do que aquelas contadas como simples fatos. 

Veja a seguir um exemplo de palestra que mostra como utilizar o storytelling como guia para transmitir conhecimentos de forma humanizada: 

5. Traga estatísticas atuais e relevantes sobre o tema tratado

Se você está participando de um projeto em uma universidade corporativa, sabe que, em muitos casos, os treinamentos são realizados para cumprir protocolos e bater metas setoriais. Por isso, em alguns casos, o time de treinados sequer compreende o valor daquela formação.

Uma boa forma de agregar valor a um treinamento de educação corporativa é apresentar estatísticas sobre o tema abordado. 

Por exemplo:

  • você sabia que, no Brasil, 40% dos acidentes de trabalho estão relacionados a quedas de funcionários em alturas? 
  • e que, em 2020, o índice de acidentes de trabalho cresceu no setor de construção civil?

Estas são duas estatísticas recentes que podem ser úteis para gerar impacto e captar a atenção de funcionários em um treinamento operacional. 

6. Proponha uma reflexão

Saber o que falar na abertura de um treinamento é essencial. Dessa forma, garante o engajamento do grupo ao longo do processo de apresentação de ideias. 

Pensando nisso, que tal propor uma reflexão à equipe logo nos primeiros minutos de contato? 

Uma dica de ouro é propor a questão no começo da palestra, conduzir toda a apresentação e, ao final do processo, convidar alguns dos alunos a compartilharem seus pensamentos no início e no fim da formação. 

 Abertura de treinamento online: dicas para fazer dar certo

Além de saber o que falar na abertura de um treinamento, é importante ficar por dentro do uso de novas tecnologias na educação. A crise do novo coronavírus, que ganhou escala global em 2020, impulsionou o mercado de treinamento e desenvolvimento para uma nova esfera: a da EAD, educação a distância

A seguir, separamos algumas dicas pontuais e práticas para garantir que sua abertura de treinamento funcione mesmo no ambiente digital: 

Agora sim, você sabe o que falar na abertura de um treinamento. Se despertamos o seu interesse com as dicas do tópico anterior sobre as formações online, podemos te ajudar a dar um passo à frente: que tal conhecer a melhor plataforma EAD do mercado?

A EAD Plataforma é completa, intuitiva e simplificada, perfeita para alunos e tutores.

Preencha o formulário para ter acesso a 7 dias de testes gratuitos em todas as funcionalidades dessa ferramenta que já soma mais de 3 milhões de usuários e altos índices de satisfação!

Fabio Godoy