exemplos-feedback-ead

6 exemplos de feedback na EAD: como alinhar expectativas entre tutores e alunos?

Uma das mais efetivas formas de estabelecer relações de troca e aprendizado entre os atores da educação a distância é por meio da aplicação prática de exemplos de feedback na EAD. 

Feedbacks são momentos de conversa, geralmente organizados com o intuito de fornecer ou coletar opiniões sobre determinadas ações.

Os feedbacks são recursos muito usados no ambiente corporativo, educacional e comercial, e são drivers importantes para melhores relacionamentos entre clientes e empresas ou entre instituições e estudantes. 

De acordo com a Harvard Business Review, 92% dos entrevistados do ambiente corporativo acreditam que até mesmo um feedback negativo, “se entregue de forma adequada, é eficaz para melhorar o desempenho”. No segmento educacional, a lógica é a mesma. 

Por isso, se você trabalha com negócios EAD e está em busca de dicas efetivas para colocar o feedback em prática mesmo no ensino remoto, continue lendo este artigo. A seguir, daremos 6 exemplos de feedback na EAD para alinhar expectativas entre tutores e alunos:

  1. Feedback ágil;
  2. agendado;
  3. individual;
  4. coletivo; 
  5. contínuo;
  6. pontual. 

Boa leitura! 

Desafios do feedback na EAD

Sem medo, podemos afirmar que o feedback é essencial na EAD. Isso porque trata-se de uma metodologia de ensino pautada essencialmente pela autonomia. Dessa forma, é comum que estudantes não saibam com certeza se estão trilhando o percurso da maneira esperada e se seu nível de aproveitamento acompanha o plano de aula EAD.

Desta forma, podemos afirmar que o primeiro desafio do feedback na EAD é encontrar formas de mostrar a este aluno autônomo que seu percurso acadêmico está, sim, suprindo as expectativas e demandas do curso. Esta prática, aliás, é essencial para motivar alunos EAD.

Por outro lado, o papel do tutor EAD nesta rotina de feedback representa um desafio a parte. De acordo com a pesquisa Feedback em e-learning: possibilidades e desafios, da Abed, “o excesso de direcionamento pode atrapalhar mais do que facilitar a vida do aluno”.

Da mesma forma, retornos e orientações genéricas podem dificultar o entendimento do estudante, transmitindo mensagens incorretas e desestimulando a continuidade no processo. 

Viu só como é importante ter exemplos de feedback na EAD? Eles podem ajudar tutores e orientadores a encontrar o equilíbrio entre os desafios da prática e as necessidades dos alunos. 

Por isso, a seguir, você confere 6 exemplos de feedback na EAD para se inspirar e colocar em prática em seu curso livre ou tutoria. 

Exemplos de feedback na EAD

1.Feedback ágil (em tempo real)

Oferecer orientações e retorno aos alunos em tempo real é um dos mais importantes exemplos de feedback na EAD. Isso porque estamos falando de um modelo de ensino pautado em dinamismo e autonomia. Na prática, significa que, ao mesmo tempo em que os estudantes recebem demandas múltiplas, têm o dever de desenvolvê-las de maneira independente, conforme seu próprio ritmo e disponibilidade. 

Diante deste cenário, é preciso que o tutor entenda o perfil do aluno EAD e seja capaz de fazer intervenções pontuais e em tempo real. Elas ajudarão a guiar o aluno pelo percurso acadêmico e a sinalizar condutas e processos inadequados em tempo hábil para corrigi-los. 

Vamos a um exemplo? 

Se você é um tutor e percebe que um de seus alunos se comporta de forma inadequada no fórum EAD, pode aplicar o feedback ágil convidando o estudante a uma conversa no momento em que ação ocorre. Desta forma, fica mais fácil fazer referência à ação realizada e propor uma conduta diferente. 

2. Feedback agendado

Outro exemplo de feedback na EAD é a reunião agendada. Neste caso, o tutor ou professor observa comportamentos em seus alunos e os reúne em uma só pauta. Essa pauta é discutida e abordada em uma reunião agendada, que pode acontecer por meio de um dos canais de interação da EAD, tais como o chat online, o e-mail ou a videoconferência. 

3. Feedback individual

Também conhecido como reunião one-on-one, o feedback individual é uma técnica muito aplicada em empresas. Isso porque trata-se de uma oportunidade interessante de estabelecer diálogo entre liderança e liderado (ou professor e tutor).

A reunião one-on-one tem como objetivo eliminar a hierarquia e construir um momento de troca entre os dois envolvidos no processo: aquele que transmite e o que recebe o feedback. 

Se retomarmos o primeiro exemplo de feedback EAD, podemos associar a prática do feedback ágil ao individual: no caso, o tutor identificaria a conduta inadequada do estudante no fórum e o convidaria para uma reunião one-on-one para alinhar expectativas. 

Veja no vídeo abaixo como a técnica do feedback individual é aplicada em empresas. Lembre-se de que, para funcionar na EAD, basta aliar sua realização a uma ferramenta de comunicação a distância, como uma videoconferência. 

4. Feedback coletivo

Se a percepção do tutor apontar para um comportamento coletivo que precisa ser mudado (ou que deve ser reconhecido como exemplo), esta é uma boa alternativa. Trata-se do feedback coletivo, quarto item da nossa lista de exemplos de feedback na EAD. 

Nesse caso, a ideia é que a fala do tutor tenha aplicação direta na rotina de toda ou grande parte da turma de alunos. Portanto, no exemplo que usamos acima, a técnica de feedback coletivo não funcionaria tão bem. 

Por outro lado, se, por exemplo, o tutor sentir a necessidade de dar um feedback sobre os resultados ruins (ou excepcionais) em uma avaliação do curso, a estratégia de grupo pode funcionar. Aqui, uma boa dica é aproveitar uma aula online ao vivo para abordar o assunto. 

5. Feedback contínuo

Comumente associado ao feedback em tempo real, os retornos contínuos também são grandes aliados da EAD. Se elaborados de forma objetiva e assertiva, eles se tornam verdadeiros fios condutores do percurso educacional dos alunos. 

Neste caso, o tutor se coloca como um mentor dos estudantes, e fornece dicas, orientações e retornos sobre atividades e provas realizadas de maneira constante. 

6. Feedback pontual 

Por fim, o último item da lista de exemplos de feedback na EAD é o contato pontual. Neste caso, o tutor não se coloca como um mentor, mas faz uso de momentos pontuais para direcionar retornos às ações dos alunos. 

Além de ser um feedback em tempo real e individual, podemos dizer que o exemplo do aluno que se comportou de forma inadequada no fórum é, também, um exemplo de feedback pontual. 

Quais as ferramentas EAD aliadas na rotina de feedback? 

É impossível falar sobre exemplos de feedback na EAD sem mencionar a relevância dos canais de comunicação remotos. A tecnologia pode ajudar na educação de diversas maneiras, e facilitar o contato entre tutores e alunos é uma delas. 

Por isso, ao aplicar os exemplos de feedback na EAD em sua rotina de aulas, lembre-se de contar com algumas ferramentas como aliadas: 

  • canais de videoconferência;
  • e-mail;
  • chat online; 
  • pólos EAD (para o caso da necessidade de encontros presenciais).

Além das ferramentas acima, outra ferramenta essencial para aplicar os exemplos de feedback na EAD é a plataforma EAD. Afinal, ela é o espaço onde tutores e alunos se comunicam durante todo o percurso da formação. 

Se quiser uma mãozinha para escolher uma boa plataforma EAD, nós temos uma dica: a EAD Plataforma! Didática, intuitiva e completa. Com essas três características, a EAD Plataforma já ultrapassou a marca dos 2 milhões de usuários — e o próximo pode ser você! Preencha o formulário e teste as funcionalidades da plataforma por 7 dias gratuitos!

Fabio Godoy