como-fazer-transmissao-ao-vivo-youtube

Como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube? TUDO o que você precisa saber!

Se você trabalha com produção de conteúdo audiovisual ou consome o conteúdo produzido no YouTube, sabe como as transmissões ao vivo ganharam espaço nos últimos anos. Para você ter uma ideia, o ranking das 10 lives com maior público conta com 8 artistas brasileiros, que, sem dúvidas, sabem exatamente como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube com maestria. 

Reconheceu o potencial de sucesso da estratégia? Quer entender de vez como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube? 

Então continue lendo este artigo para descobrir! O passo a passo para entender como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube é simples: 

  1. Planejamento do conteúdo e criação do roteiro
  2. Escolha dos equipamentos
  3. Acessar o canal do YouTube
  4. Ativar o modo “Transmissão ao vivo”
  5. Selecionar o modo de transmissão desejado
  6. Disponibilizar a live no canal
  7. Acompanhar os indicadores de resultados.

A seguir, falaremos com detalhes sobre cada um deles. 

Restrições do YouTube para transmissões ao vivo

Antes de explicarmos detalhadamente como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube, é preciso falar sobre as exigências e restrições para ativar a funcionalidade. 

Se você já é um YouTuber de sucesso, provavelmente conhece e cumpre os principais requisitos da plataforma para ativar o recurso das transmissões ao vivo. 

De toda forma, vamos recapitular aqui o que você precisa saber antes de entender como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube

Número de inscritos 

De acordo com o canal de suporte do YouTube, para transmitir ao vivo em dispositivos móveis, é preciso que o canal tenha, no mínimo, mil inscritos. 

No entanto, este limite não se aplica a outras ferramentas de transmissão ao vivo, o que garante aos canais de menor porte a possibilidade de utilizar o recurso via computador ou via webcam.

Idade mínima

O YouTube conta com algumas regras e orientações que visam a proteção da integridade de menores em sua plataforma. Por isso, a transmissão ao vivo não é permitida a menores de 13 anos, a menos que estejam visivelmente acompanhadas por um adulto. 

Canais que descumprem a orientação podem perder a funcionalidade de de transmissão ao vivo. 

Razões para ter o recurso de transmissão ao vivo bloqueado

Além das exigências mínimas para utilizar o recurso em dispositivos móveis, também existem razões para que a ferramenta de transmissão ao vivo seja desativada automaticamente do seu perfil. 

Algumas dessas razões são: 

Como fazer uma transmissão ao vivo? Passo a passo completo 

Seja para fazer uma palestra online, um webinar ou uma vídeo aula, saber como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube pode abrir muitas portas para atrair novos seguidores e revertê-los em consumidores do seu produto digital.

Por isso, a seguir, você confere 7 dicas-chave para começar a transmitir conteúdo na plataforma de vídeos mais popular do mundo! 

1. Planejamento do conteúdo e criação do roteiro

Não pense que boas transmissões ao vivo são inteiramente conduzidas na base do improviso! Na verdade, assim como toda produção de conteúdo, é preciso planejar com cuidado e criar roteiros que facilitem na condução do processo. 

Uma boa ideia é escrever um roteiro para YouTube. Nesse roteiro, estarão indicadas as informações-chave que não podem ficar de fora da transmissão ao vivo, ganchos para assuntos e até mesmo frases de impacto que podem ajudar a enriquecer o material. 

A partir dessa orientação-base, o condutor da transmissão ao vivo terá o espaço que precisa para improvisar e modificar o que achar necessário. Por isso, o importante é escolher bem o porta-voz do conteúdo e garantir que ele encontre o equilíbrio entre a leveza e a riqueza do conteúdo transmitido. 

2. Escolha dos equipamentos

Outro ponto importante para a compreensão de como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube é a técnica. 

Já falamos por aqui algumas vezes, e vamos repetir: não é preciso ter um estúdio profissional para produzir conteúdo de qualidade. Entretanto, é preciso escolher de forma estratégica os equipamentos mais adequados ao tipo de conteúdo produzido. 

Para fazer uma transmissão ao vivo no YouTube, é importante:

  • escolher a melhor câmera para produzir conteúdo, de acordo com o segmento contemplado. Por exemplo, se sua transmissão ao vivo mostrará um procedimento estético, uma câmera com lente macro pode ser a melhor escolha;
  • montar uma iluminação inteligente, que valorize o assunto principal da transmissão; 
  • ter um bom sistema de som, que muitas vezes é alcançado apenas com uma lapela e o microfone da própria câmera; 
  • e, por fim, uma internet estável e de boa qualidade, evitando travamentos e quedas na conexão da transmissão. 

3. Acessar o canal do YouTube

O  terceiro passo para entender como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube é…ter um canal no YouTube! Pode parecer óbvio, mas é indispensável que, antes de iniciar a transmissão, o usuário esteja logado em seu canal . 

4. Ativar o modo “Transmissão ao vivo”

Em seguida, é preciso ativar o modo “Transmissão ao vivo” na plataforma. Para isso, é preciso acessar o “Estúdio de Criação” do YouTube e clicar na guia “Transmissão ao vivo”. Se o seu canal estiver de acordo com as regras básicas para transmissões ao vivo, a funcionalidade será ativada sem problemas! 

5. Selecionar o modo de transmissão desejado

Antes de começar a transmitir ao vivo, você deverá selecionar, entre 4 opções, o modo de transmissão desejado. 

Para ficar mais fácil escolher, veja o que cada uma das opções quer dizer:

  • Webcam: na opção webcam, é possível transmitir usando o dispositivo e, por conseguinte, eliminando a necessidade de um codificador;
  • Dispositivos móveis: opção destinada a quem deseja fazer uma transmissão utilizando o app do YouTube em seu dispositivo móvel (seja ele Android ou iOS);
  • Eventos: indicado para quem programou a transmissão ao vivo como um evento. Nesta opção, o YouTube disponibiliza recursos de configuração e edição para a transmissão, incluindo o teste de funcionalidade. 
  • Transmitir agora: indicado para quem deseja iniciar uma transmissão em tempo real. Neste caso, diferentemente da modalidade “eventos”, as configurações são limitadas e o próprio YouTube se encarrega dos ajustes de resolução da exibição. 

6. Disponibilize a live no canal

Independentemente da modalidade de transmissão escolhida, o YouTube disponibiliza a live no canal (exceto transmissões muito longas, com mais de 8 horas de duração). 

Esta é uma boa estratégia de marketing para produto digital. Isso porque é uma excelente oportunidade de reforçar a divulgação e incentivar a visita daqueles que não tiveram disponibilidade de assistir ao material em tempo real. 

7. Acompanhe os indicadores de resultados!

Por fim, assim como todas as estratégias de marketing digital, é preciso acompanhar e mensurar os resultados da sua transmissão ao vivo no YouTube. 

Para isso, fique de olho nos números durante e após a transmissão. Avalie, por exemplo:

  • número total de espectadores; 
  • índice de evasão da live;
  • engajamento (medido com base em comentários, curtidas e compartilhamentos);
  • média de espectadores que acessaram a live ao vivo e após a disponibilização no canal;
  • índice de conversão de espectadores em clientes ou alunos EAD, caso sua live tenha cunho educacional.

Veja no vídeo abaixo mais algumas dicas para potencializar sua transmissão ao vivo no YouTube: 

Viu só como não tem mistério? Saber como fazer uma transmissão ao vivo no YouTube pode potencializar sua estratégia de produto digital e fortalecer a reputação do seu negócio!

Quer saber mais sobre empreendedorismo digital? Então leia nosso artigo com 5 dicas exclusivas de marketing para produtos digitais!

Fabio Godoy