dicas-gravar-video-aulas

8 melhores dicas para gravar vídeo aulas: comece JÁ!

Em busca de dicas para gravar vídeo aulas e produzir um conteúdo diferenciado? Então você está no lugar certo! 

Sabemos que o conteúdo em vídeo consolida, a cada ano, seu espaço entre as preferências do consumidor. Aliás, você sabia que, de acordo com a pesquisa Video Viewers, 9 em cada 10 usuários do YouTube utiliza a ferramenta para estudar? 

Isso faz com que as video aulas, disponibilizadas em plataformas EAD, ganhem cada vez mais popularidade. 

Para descobrir nossas dicas para gravar video aulas, continue a leitura. Você vai saber mais sobre: 

  1. Fazer um brainstorming
  2. Criar um checklist de gravação
  3. Produzir um bom roteiro
  4. Garantir bons equipamentos para a produção
  5. Escolher um bom cenário
  6. Caprichar na iluminação
  7. Captar as melhores imagens
  8. Editar de forma assertiva e personalizada

Boa leitura! 

8 dicas para gravar video aulas

A seguir, você confere nossas 8 dicas para gravar vídeo aulas de forma prática e assertiva. Siga o nosso roteiro e garanta um material interessante e capaz de motivar seus alunos EAD!

1. Faça um brainstorming

A primeira das nossas dicas para gravar vídeo aulas acontece antes mesmo de iniciar as gravações. Trata-se do brainstorming, momento de deixar as ideias saírem da cabeça para o papel.

A principal função do brainstorming é estimular a fluidez do processo criativo. Ou seja, durante a tempestade de ideias, você coloca no papel tudo o que vem à sua mente sobre o projeto em questão. Vale pensar em temas, ideias mirabolantes, modos de fazer, perspectivas para o futuro, sonhos e até dificuldades. 

A partir do resultado do brainstorming, será possível eliminar ideias que não se encaixam nas condições de realização da videoaula. Além disso, o que permanecer no quadro após a avaliação, servirá como guia para a produção do conteúdo EAD

Após um bom brainstorming, é possível obter:

  • ideias de temas para as videoaulas;
  • orientação sobre a identidade dos vídeos; 
  • noção sobre a cadência das aulas; 
  • objetivo do tutor EAD ao ensinar determinados assuntos. 

Antes de continuar a leitura e descobrir as próximas dicas para gravar videoaulas, assista ao conteúdo abaixo com dicas para fazer um bom brainstorming: 

2. Crie um checklist de gravação

A segunda dica para gravar vídeoaulas de forma prática é: crie um checklist de gravação. 

Este documento será o seu guia para garantir que o projeto seja desenvolvido da melhor forma possível. Por isso mesmo, ele deve conter todos os aspectos envolvidos na produção de um conteúdo audiovisual, tais como: 

  • roteiro;
  • equipe envolvida;
  • equipamentos necessários;
  • locação de espaço ou preparação do cenário;
  • alimentação (se necessário, no caso de muitas horas de gravação);
  • transporte da equipe;
  • maquiagem e figurino (e itens complementares, como livros, apostilas e elementos que precisam estar em cena). 

A partir desta lista, distribua funções e garanta que cada tópico seja cumprido nos prazos pré-estabelecidos. 

3. Produza um bom roteiro

O roteiro merece estar entre as dicas para gravar vídeo aulas por ser um dos mais importantes documentos de uma produção audiovisual. Com base nele, a equipe técnica conseguirá entender o que precisa ser feito (em termos de captação e de edição). Além disso, o tutor ou apresentador será capaz de se orientar durante sua exposição de ideias. 

Veja nosso artigo sobre como fazer um roteiro de vídeo aula e coloque já a mão na massa! 

4. Garanta bons equipamentos para a produção

Com o roteiro em mãos, é mais fácil identificar quais são os equipamentos necessários para tornar a ideia real. Se, por exemplo, a orientação central for gravar uma vídeo aula criativa e  descontraída, com cara de “vlog”, a melhor câmera pode ser uma action cam, como as famosas GoPro

Se o formato da video aula for convencional, é preciso um bom tripé para garantir a estabilidade das cenas durante a captação. Em contrapartida, se estivermos falando de uma aula de estética ou saúde bucal, por exemplo, é necessário uma câmera com bom zoom para captar com precisão os detalhes necessários. 

Se quiser mais dicas sobre a melhor câmera para gravar vídeos com diversas temáticas, leia nosso artigo sobre o assunto! 

5. Escolha um bom cenário

Escolher um bom cenário é uma das mais importantes dicas para gravar video aulas. Afinal, uma ambientação pode influenciar negativa ou positivamente na percepção de um vídeo. 

Quer ver um exemplo? 

Veja o vídeo abaixo. Observe que o cenário utilizado conversa de maneira próxima com o assunto tratado (críticas cinematográficas). Além disso, apesar de conter informações relacionadas ao assunto, não “briga” com a presença do apresentador do vídeo, e sim, funciona como um complemento a ele. 

Descubra mais detalhes sobre como fazer um cenário para vídeos

6. Capriche na iluminação

A iluminação surge como uma das dicas para gravar vídeo aulas capazes de complementar tudo o que foi elaborado anteriormente. Afinal, de nada adianta um bom roteiro, excelentes equipamentos e um cenário adequado se a iluminação não for feita para valorizar cada um destes itens. 

Para garantir que a luz preparada para o seu material cumpra as funções básicas (manter o assunto do vídeo em destaque e garantir a compreensão do espaço em que o conteúdo é ambientado) e estratégicas (ressaltar emoções, destacar determinados objetos ou pontos e garantir uma atmosfera adequada ao objetivo do vídeo), é preciso considerar: 

  • ângulo e posição da câmera e do assunto; 
  • fontes de luz (naturais e artificiais); 
  • balanço de luz (ou iluminação em 3 pontos — principal, contraluz e luz de preenchimento);
  • equipamentos necessários (spots, softboxes, ring lights, etc). 

Veja, no vídeo abaixo, algumas sugestões de iluminação para conteúdos audiovisuais: 

7. Capte as melhores imagens

Chegou a hora de colocar a mão na massa! Este é o momento da captação do conteúdo, que acontece após os ensaios e fases de teste. 

Para uma boa captação, é importante que o apresentador e os cinegrafistas estejam em sinergia. E uma boa maneira de garantir esta sinergia é por meio de uma leitura coletiva do roteiro ou da realização de reuniões antes do momento da filmagem. 

Nossa dica para uma captação proveitosa é: não se limite a captar apenas o roteiro! Erros de gravação, bastidores, conversas informais e informações adicionais podem ser materiais muito úteis na construção de um conteúdo mais leve, e, portanto, mais conectado com o público. 

8. Edite de forma assertiva e personalizada

A edição é o último item da nossa lista de dicas para gravar video aulas. Este é o momento em que as imagens captadas ganham a “cara” do negócio, e tornam-se verdadeiros tesouros para o tutor EAD. 

Por isso, mais uma vez, reforçamos a importância da sintonia entre editores de vídeo e o tutor. Isso garante que o resultado final esteja alinhado com seu objetivo de negócio. 

Entenda melhor do que estamos falando: 

Se o curso oferecido permite alguma informalidade, por que não utilizar erros de gravação e momentos engraçados no vídeo? Esta é uma boa ideia para quebrar o gelo entre tutores e alunos e transformar a vídeo aula em uma ferramenta de interação na EAD

Veja o exemplo de video aula que explorou o humor como recurso para aproximar a tutora e os alunos: 

Dica bônus: a importância da plataforma de hospedagem

Para finalizar nossa lista de dicas para gravar video aulas, um bônus essencial: a plataforma e-learning para hospedar seu curso online

Este é o sistema que abrigará sua video aula, e, por isso, precisa ter boa usabilidade e uma interface amigável para tutores e alunos. Afinal, o caminho que leva seus alunos até a aula precisa ser didático, intuitivo e simplificado. Do contrário, será difícil incluir as video aulas na rotina de estudos, bem como captar a atenção dos estudantes.

Portanto, após absover nossas dicas para gravar video aulas, procure pela melhor plataforma EAD. Aliás, não precisa nem procurar mais; você já encontrou! 

A EAD Plataforma é uma solução consolidada no mercado, e orgulhosa por seus altos níveis de satisfação de clientes. E por falar neles, são mais de 3 milhões de usuários ao longo dos nossos anos de atuação! 

Quer conhecer as ferramentas disponíveis em nossa plataforma EAD? Preencha este formulário e acesse a solução por um período gratuito!

Fabio Godoy