como começar a dar aulas online

Como começar a dar aulas online? Aprenda em 8 passos fundamentais!

Você é um empreendedor de carteirinha e quer dar um start nas vendas do seu curso pela internet? Então você está no lugar certo: hoje vamos ensinar os 8 passos fundamentais sobre como começar a dar aulas online.

Antes de tudo, é importante você saber que entrará em um mercado superaquecido. De acordo com o Censo da Educação Superior de 2019, do Inep, as matrículas em instituições EAD representaram 43,8% do total (o equivalente a 1,6 milhão de estudantes).

Inclusive, 53,3% dos novos professores estão sendo formados a distância – o que comprova que, para aprender ou ensinar, o EAD vem ganhando muito destaque.

Entretanto, apesar desse cenário pra lá de positivo, não dá para mergulhar de cabeça no ensino online sem se estruturar antes. O objetivo do artigo é justamente este: ajudar você a pensar nas principais etapas para que suas aulas tenham sucesso desde o início.

Vamos lá? Boa leitura!

Como começar a dar aulas online em 8 passos?

  1. Encontre sua proposta de valor;
  2. Defina seu preço;
  3. Organize suas ideias em um roteiro;
  4. Invista no cenário e em equipamentos de gravação;
  5. Produza conteúdo em vídeo + materiais de apoio;
  6. Edite seus vídeos;
  7. Hospede suas aulas online em uma plataforma EAD;
  8. Divulgue seu curso.

Como começar a dar aulas online? Passo a passo detalhado

Passo 1: encontre sua proposta de valor

Que experiência você quer proporcionar ao seu público?

O primeiro passo para qualquer negócio é definir o que você, de fato, tem a oferecer como diferencial. É a famosa proposta de valor, que vai conquistar (e fidelizar) o aluno – fazendo com que ele invista em você.

Pode não parecer tarefa fácil, mas, para encontrar a sua, procure considerar 3 premissas: atender, resolver e satisfazer as necessidades do seu público-alvo.

Quer saber mais detalhes? 

Leia aqui: Como construir uma proposta de valor para a EAD em 3 passos

Passo 2: defina seu preço

Cuidar da parte financeira é determinante para você começar suas aulas online com o pé direito. Para estruturar o preço do seu curso, considere o poder de transformação que ele oferece ao aluno. Isso vai bem ao encontro da proposta de valor!

Também avalie o seu grau de expertise – e não tenha medo de cobrar por ele. Afinal de contas, valorizar a si próprio (e, claro, entregar o que promete) ajuda a criar autoridade e força para o seu curso.

Passo 3: organize suas ideias em um roteiro

Um roteiro pode servir como um verdadeiro guia sobre como começar a dar aulas online. E, quando falamos desse passo, contemplamos tanto o roteiro do curso quanto o roteiro de cada aula.

Por exemplo, como será o formato do curso? Por transmissões ao vivo ou somente aulas gravadas? Quantos módulos você vai criar? Haverá provas em algum momento?

Já para cada aula, é essencial organizá-la em começo, meio e fim:

  • na introdução, você vai retomar o conteúdo da aula anterior? 
  • no meio, você vai propor algum exercício prático? 
  • no fim, você fará uma síntese de tudo e convidará o aluno para os próximos módulos?

Enfim, criar um roteiro faz com que você não se perca no meio do caminho – e tenha uma visão do todo mesmo antes de o curso começar.

Passo 4: invista no cenário e em equipamentos de gravação

Partindo para a prática, estruturar a imagem e o som das suas aulas é imprescindível – isso porque esses elementos contribuem muito para a qualidade do conteúdo.

Portanto, na hora de elaborar o cenário das filmagens, considere que o local deve ter boa iluminação e uma acústica que não dê ecos. Já para os equipamentos, vale investir em:

  • uma boa conexão de internet e um bom computador;
  • uma câmera e um tripé;
  • um microfone de lapela.

Leia também: Como dar aulas de música online

Passo 5: produza conteúdo em vídeo + materiais de apoio

Produzir conteúdo é uma tarefa bem estratégica – e deve ser um ponto fundamental sobre como começar a dar aulas online. Em relação aos vídeos, procure seguir as orientações do seu roteiro (como vimos no passo 3), agregando criatividade, naturalidade e interação com os alunos.

Aqui, também é importante entender que o conteúdo não se resume ao vídeo! Você pode (e deve) enriquecer o conteúdo com outros materiais de apoio, como:

  • ebooks – isto é, livros digitais com mais detalhes sobre o curso ou módulo;
  • apostilas – com exercícios, dicas e outras informações que complementem o conteúdo do vídeo;
  • landing pages – que, além de informações, trazem um formulário para captação de novos interessados.

Passo 6: edite seus vídeos

Depois de gravados, os vídeos precisam passar por uma edição. Afinal, é nesse passo que você vai inserir elementos como música, vinheta de abertura, legendas, efeitos e muito mais.

E isso é bem menos complicado do que parece! Hoje, existem editores bem fáceis de usar – inclusive online. Já que você está começando agora a dar suas aulas online, a dica é fazer edições mais simples (mas que agreguem valor ao curso!).

Leia também: Como editar vídeos de maneira fácil? Aprenda com essas 7 dicas!

Passo 7: hospede suas aulas online em uma plataforma EAD

Como começar a dar aulas online com a melhor estrutura disponível? É preciso contratar uma plataforma EAD que facilite a gestão dos seus cursos, tanto para vender o conteúdo quanto para gerenciar a transmissão das aulas.

Além de uma boa organização de hospedagem do curso, alguns pontos a considerar na hora de contratar sua plataforma são:

  • disponibilidade de aulas ao vivo com chat;
  • possibilidade de criação de diferentes turmas de alunos;
  • aplicação de provas e geração de certificados de conclusão;
  • segurança na hora de configurar os pagamentos.

Passo 8: divulgue seu curso

Como último passo, mas não menos importante, vamos falar da divulgação. Investir em anúncios pagos nas redes sociais pode ser uma estratégia bem interessante de marketing digital. Segundo a pesquisa AdSpend, do IAB Brasil, só em 2018, o total de investimentos desse tipo foi de 16 bilhões de reais.

Mas, se você não tiver uma verba tão grande para anunciar, pode fazer posts e vídeos simples e publicar no seu Instagram, Facebook e YouTube. 

Isso ajuda a dar popularidade para o seu curso – e, de quebra, faz com que o número de seguidores das suas redes aumente.

Sabe como deixar as suas publicações mais atrativas? Com uma copy poderosa! Aprenda a fazer aqui:

E aí, gostou deste conteúdo?

Esperamos que ele tenha te ajudado a entender como começar a dar aulas online!

A construção da sua imagem como professor é feita aos poucos, mas com planejamento você pode simplificar esse processo.

Agora, além de colocar em prática o passo a passo que listamos aqui, que tal conferir outras matérias da EAD Plataforma e aumentar seu conhecimento? Confira essas sugestões:

Deixe seu comentário!
Fabio Godoy