O que faz um tutor EAD

Empreendedor digital: o que faz um tutor EAD e como se destacar?

Você sabe o que faz um tutor EAD? De fato, muitos brasileiros têm aumentado o interesse no empreendedorismo digital, para obter uma fonte de renda e melhorar a qualidade de vida, longe do trânsito das grandes cidades. Nesse cenário, a tutoria no e-learning pode ser uma excelente oportunidade de oferecer serviços e produtos online, sendo uma alternativa viável para superar os tempos de crise.

Em seu livro “Educação a distância e inovação tecnológica”, Maria Luiza Belloni conceitua o papel desses profissionais. Segundo a autora, um tutor atua “na mediação do processo de ensino-aprendizagem, articulando as pessoas envolvidas (o professor responsável por propor a disciplina e o aluno que se propõe a aprender) com o conteúdo da disciplina que ele tutora”.

E, se você ainda tem dúvidas acerca do que faz um tutor EAD, continue com a gente neste artigo. Por sinal, você vai perceber que muitas pessoas estão se posicionando como empreendedores digitais. Aliás, com esse novo olhar para a relevância da tutoria online, é possível (e viável) dar uma guinada na carreira e, ao mesmo tempo, alavancar os resultados de um curso online.

Na teoria, o que faz um tutor EAD?

O tutor EAD é um facilitador, um ponto de referência, ou seja, alguém que presta suporte integral para que os alunos possam atingir seus objetivos no estudo feito a distância (ou semipresencial).

A tutoria, portanto, diz respeito ao apoio administrativo – e não necessariamente à elaboração dos conteúdos em si. Por um lado, o profissional atua em consonância com os professores, para garantir que os temas e os materiais abordados realmente correspondem ao conteúdo programático. Por outro lado, contribui para engajar os alunos e resolver eventuais problemas.

Quais são as competências necessárias para essa tutoria?

Para facilitar o entendimento sobre o que faz um tutor EAD, vamos começar por algumas das competências vitais, que abrangem as dimensões técnicas, didáticas, organizacionais e socioafetivas:

  • Aptidão para a gestão de pessoas, a liderança e a comunicação efetiva, tanto em relação aos novos perfis de alunos do EAD, quanto perante a equipe técnica;
  • Amplo conhecimento dos temas abordados nos respectivos cursos e, preferencialmente, vivências práticas na área;
  • Experiência com as tecnologias usadas no ensino a distância, inclusive no tocante à plataforma contratada para hospedar e gerenciar os cursos; 
  • Equilíbrio entre as hard skills e soft skills, harmonizando assim a capacitação técnica com as habilidades socioemocionais;
  • Criatividade, dinamismo, empatia e inovação para motivar as turmas no decorrer da jornada de aprendizagem, levando em conta a autonomia, a disciplina e a acessibilidade. 

A especialização dos tutores no ensino a distância

Os tutores EAD têm sido muito requisitados pelo mercado, em especial após os impactos socioeconômicos trazidos pela pandemia do coronavírus. A emergência sanitária ampliou consideravelmente a procura pelas soluções viabilizadas pelo ensino a distância, como a flexibilidade, a inclusão social, o custo-benefício e outros diferenciais.

Nesse sentido, já existem cursos de especialização promovidos por instituições de ensino renomadas. Por exemplo, o Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) dispõe do Centro de Referência em Formação e em Educação a Distância (CEFOR).

Mas, afinal, o que faz um tutor EAD, na prática?

Em termos práticos, “o que faz um tutor EAD” relaciona-se diretamente com sucesso de um curso. Isso porque este profissional mescla sua expertise e conhecimento pedagógico com habilidades sociais e gerenciais, visando motivar os alunos a dar continuidade em suas trilhas de aprendizagem. 

Em outras palavras, o tutor deve estar antenado com as novas formas de ensinar e aprender, propondo abordagens que facilitam o aprendizado e, ainda, promovem o engajamento de todos os públicos de interesse. Além disso, ele também acolhe e favorece o protagonismo dos estudantes, levando em conta sua autonomia cognitiva e socioafetiva.

Principais atribuições e tarefas: entenda o que faz um tutor EAD

  • Mediação pedagógica, mantendo um importante elo entre a instituição de ensino e a comunidade escolar;
  • Acompanhamento das tendências do setor de EAD, para otimizar o aproveitamento individual e oportunizar a construção do conhecimento de forma colaborativa;
  • Planejamento de ações pedagógicas diversificadas, para promover a pluralidade de ideias, a cooperação e o pensamento crítico, como os debates e as trocas de experiências;
  • Engajamento dos alunos, seja motivando-os ou ainda direcionando seu crescimento educacional;
  • Esclarecimento de dúvidas sobre as disciplinas em si e outras questões de ordem administrativa;
  • Apoio na correção de provas, atividades e exercícios, assim como na produção de certos conteúdos pedagógicos, quando necessário;
  • Verificação da necessidade de aplicar atividades dirigidas, dentro do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), para os alunos que eventualmente precisem de reforço em alguns pontos;
  • Aplicação prática da interatividade propiciada pelos inúmeros tipos de conteúdos digitais: videoaulas, gamificação, webinars, fóruns de discussão, webconferências e afins;
  • Uso das ferramentas de comunicação síncronas e assíncronas, para enriquecer o processo de ensino-aprendizagem;
  • E muito mais!

Agora que já falamos sobre o que faz um tutor EAD, que tal explorar essa super oportunidade profissional, que está em alta no mercado? Veja alguns exemplos de pessoas que já estão decolando na EAD Plataforma e aproveite para testar por 7 dias grátis

Além disso, aproveite para conferir outros conteúdos em nosso Blog, que podem servir de inspiração para a sua jornada pessoal e profissional!

Fabio Godoy